facebook pixel code

Medicina Intensiva Pediátrica e Neonatal - Redentor/AMIB

Pós-Graduação Carga Horária: 360 h Modalidade: Presencial

Área de Conhecimento: Medicina

Medicina Intensiva Pediátrica e Neonatal - Redentor/AMIB


Apresentação:

Pós-Graduação LATO SENSU Aulas mensais. O curso de Pós-Graduação em Medicina Intensiva Pediátrica, criado em 2004 reconhecida pela AMIB é realizado pela FAC Redentor onde apresenta ao médico plantonista, residente ou titulado em várias áreas, o conteúdo mais atualizado da Terapia Intensiva contemporânea. Reconhecido como de excelência, o curso Redentor/AMIB já formou mais de 60 turmas, contemplando um número aproximado de 6.500 alunos, estando presente em 23 Estados e no Distrito Federal. Um curso intenso e colaborativo, como sua rotina A Faculdade Redentor é uma instituição de ensino reconhecida pela AMIB para promover cursos de pós-graduação em Medicina Intensiva para UTI Adulto, UTI Pediátrica e Enfermagem. O conteúdo programático é recomendado pela Diretoria Científica da AMIB (Fundo AMIB) com 18 módulos oferecidos e os instrutores intensivistas são titulados pela AMB/AMIB. Na nova versão do curso, se destaca: - Novas ferramentas didáticas, dinâmicas e colaborativas - Conteúdo científico online de ponta Em cada cidade onde o curso acontece, as turmas são coordenadas por um Intensivista Pediátrica experiente e de referência da região, que acompanha os alunos, indo além da transmissão de conteúdo, transformando os alunos em protagonistas da experiência, inspirando novas descobertas e provocando reflexões sobre o modo de trabalho. Mensalmente durante os módulos, o aluno terá seu encontro com instrutores intensivistas de renome nacional e internacional, apresentando as mais modernas tendências de tratamento e discussão de casos clínicos selecionados. Nos módulos práticos, atividades com manequins vivos e de simulação de procedimentos e equipamentos clínicos, com os quais os alunos experimentam situações da rotina do tratamento em UTIs. A Faculdade Redentor reserva-se no direito de encerrar as inscrições, completadas as vagas, de não realizar o curso no caso de formação incompleta de turmas (mínino 30 alunos).

Disciplinas:

VIA AÉREA (10 H/A)
Ementa:
  • Anatomia da via aérea (passagem nasal, boca, faringe, laringe, traqueia,brônquios). Abertura da via aérea manualmente e com dispositivos e sua manutenção e reconhecimento dos sinais e sintomas de uma VA instável. Reconhecendo a Via Aérea difícil. Manejo da via aérea em situações especiais - PIC elevada- Trauma de face-Queimado. Dispositivos supra glóticos (máscara laríngea, máscara laríngea Proseal,tubo laríngeo, cobra PLA, combitube) Cricotireotomia/traqueostomia na UTI. Estação Prática Ventilação com bolsa máscara, dispositivos para estabilização da Via aérea.Estação Prática Intubação Estação Prática Via aérea difícil.

REANIMAÇÃO CARDIOPULMONAR E CEREBRAL (10 H/A)
Ementa:
  • Reanimação cardiopulmonar e cerebral - Conceito, etiologia e epidemiologia.Reanimação cardiopulmonar e cerebral - ABC. Acesso vascular e intra-ósseo - teoria. Reanimação cardiopulmonar e cerebral - Fármacos utilizados. Reanimação cardiopulmonar e cerebral - Estabilização prognóstico. Reanimação cardiopulmonar e cerebral - algoritmos Estação Prática Massagem cardíaca. Estação Prática desfibrilação e cardioversão com avaliação de arritmias. Estação Prática acesso intraósseo.

CHOQUE E HEMODINÂMICO (20 H/A)
Ementa:
  • Conceitos básicos: Transporte, consumo e extração de oxigênio. Choque:Conceito e classificação. Choque séptico. Efeitos sistêmicos do choque. Síndrome da resposta inflamatória e sepse. Disfunção de múltiplos órgãos e sistemas: Abordagem clínica e laboratorial. Ressuscitação volêmica. Drogas inotrópicas e vasoativas. Choque e Hemodinâmico. Perfusão tecidual. Microcirculação no choque séptico. Disfunção mitocondrial no choque séptico. Entendendo a macrohemodinâmica. Monitorização hemodinâmica I, II e III. Sepse: Diretrizes atuais. Algoritmos do guideline para tratamento do choque séptico pediátrico e neonatal. Abordagem das formas graves do dengue. Caso clínico I e II.

SISTEMA RESPIRATÓRIO I (20 H/A)
Ementa:
  • Anatomia e Fisiologia respiratória I - Troca gasosa. Fisiologia respiratória II - Mecânica e músculos respiratórios. Fisiologia respiratória III - Circulação pulmonar e controle respiratório. Monitoração respiratória I - Troca gasosa e interpretação gasométrica. Monitoração respiratória II - Mecânica respiratória. Monitoração respiratória III - Mecânica respiratória. Insuficiência respiratória I - epidemiologia e Fisiopatologia. Insuficiência Respiratória II - Diagnóstico. Imagens nas patologias pulmonares. Ventilação mecânica e interação cardio-pulmonar. Estudo dirigido: Fisiologia aplicada à ventilação pulmonar mecânica. Sistemas e técnicas de fornecimento de oxigênio. Tipos de respiradores. Modos ventilatórios I, II, III e IV. Ventilação não invasiva I - Indicações e modos. Ventilação não invasiva II - manejo e complicações. Casos clínicos.

SISTEMA RESPIRATÓRIO II (20H/A)
Ementa:
  • Doenças Respiratórias obstrutivas altas. Asma Aguda Grave. Bronquiolite ebronquiolite obliterante. Ventilação mecânica nas patologias obstrutivas. Pneumonias domiciliar grave e pneumonia associada à ventilação. Ventilação mecânica na Pneumonia. Insuficiência Respiratória Crônica. Síndrome da Angústia Respiratória Aguda I - Fisiopatologia e Biologia molecular da lesão pulmonar aguda. Síndrome da Angústia Respiratória Aguda II - Manejo ventilatório. Síndrome da Angústia Respiratória Aguda III - Manejo farmacológico. Hipertensão Pulmonar. Ventilação mecânica na doença neuromuscular. Métodos de resgate - óxido nítrico e Ventilação de alta frequência. Desmame de ventilação mecânica e extubação. Complicações da ventilação mecânica e traqueostomia no doente crítico em VM. Cuidados com o paciente em ventilação pulmonar mecânica. Casos clínicos.


SISTEMA RESPIRATÓRIO III (20H/A) - MÓDULO PRÁTICO DE VENTILAÇÃO PULMONAR MECÂNICA INVASIVA E NÃO INVASIVA.
Ementa:
  • Bases físicas da VM (respirador) Teórica. Oximetria e capnografia (Teórica). Modos de ventilação convencional. Ventilação na ARDS. VM nos processos obstrutivos. VM nos processos restritivos. Modos de ventilação alternativos (NAVA, BILEVEL e PAV). Ventilação de Alta frequência. VM em Neonatologia (Teórica). Ventilação no paciente com fístula bronco-pleural (teórica). Umidificação, aquecimento do ar e uso de filtros (Teórica). VM em Neonatologia. Ventilação não invasiva. Monitorização da mecânica respiratória. Ventilação com relação invertida. Recrutamento alveolar. Terapia com broncodilatador e outros gases (NO e Heliox). Insuflação de gás traqueal. Casos clínicos.

INTRODUÇÃO À PRÁTICA DA TERAPIA INTENSIVA PEDIÁTRICA. EPIDEMIOLOGIA CLÍNICA - METODOLOGIA CIENTÍFICA (10H/A).
Ementa:
  • História da Terapia Intensiva Pediátrica e O impacto da Unidade de Cuidados Intensivos Pediátricos e Neonatal (UCIP) para a criança, família e sociedade. Estrutura física da UCIP e regulamentação para o funcionamento. Critérios de internação e alta na UTI Pediátrica e neonatal. Escores prognósticos em UTI Pediátrica. Escores prognósticos em UTI Neonatal. Indicadores de qualidade, segurança do paciente e eventos adversos. Tecnologia da informação na UTIP. Área de atuação do intensivista pediátrico. Introdução epidemiologia e bioestatística para médicos. Como montar e programar um Trabalho de Conclusão de Curso.


DISTÚRBIO HIDROELETROLÍTICO E ÁCIDO BÁSICO. EQUILÍBRIO HIDROELETROLÍTICO E DISTÚRBIOS - METABÓLICOS. (10H/A)
Ementa:
  • Fisiologia da homeostase da água. Desordens do metabolismo da água. Necessidades hídricas e eletrolíticas basais. Distúrbio do metabolismo do sódio: hiponatremia e hipernatremia. Distúrbio do metabolismo do potássio: hipo e hipercalemia. Distúrbio do metabolismo do cálcio, fósforo e magnésio. Princípios Gerais Distúrbios ácido-básicos simples e mistos e Ânion GAP. Distúrbios ácido- básicos metabólicos. Distúrbios ácido-básicos respiratórios e mistos. Casos clínicos.

CARDIOINTENSIVISMO (20H/A)
Ementa:
  • Anatomia e fisiologia cardiovascular e interação cardiopulmonar. Conceito de Circulação regional (Circulação Pulmonar, Circulação cerebral, Circulação coronária, Circulação Gastrointestinal e Circulação renal). Avaliação da Função cardiovascular e métodos diagnósticos em cardiointensivismo. Crise hipertensiva. Alteração do Ritmo cardíaco. Insuficiência cardíaca - etiologia, fisiopatologia e diagnóstico. Miocardite - Cardiomiopatia. Choque cardiogênico. Cardiopatias congênitas  - manejo clínico na UTI - Crises hipoxêmicas. Pós-operatório de Cirurgia Cardíaca - aspectos gerais - aspectos relacionados à cirurgia - aspectos relacionados à circulação extracorpórea. Ecocardiograma para o Intensivista - Noções. Avaliação da volemia pelo ecocardiograma. Avaliação da função cardíaca pelo ecocardiograma. Derrame pericárdico e tamponamento cardíaco. Farmacologia. CEC, TX e ECMO. Prática de ecocardiograma. Discussão de casos clínicos.

BIOÉTICA (10H/A)
Ementa:
  • Aspectos éticos e legais no atendimento em UTI. Como dar más notícias - Gerenciamento de conflitos em UTI. A criança com dependência tecnológica. A criança em fase terminal de doença irreversível. Cuidados paliativos em UTIP -  Óbito em UTIP. Morte encefálica e doação de órgãos. Discussão de casos clínicos.

ALTERAÇÕES ENDÓCRINAS (10H/A)
Ementa:
  • Controle glicêmico no paciente crítico. Cetoacidose diabética e coma hiperosmolar não cetótico. Disfunção adrenal e corticoterapia. Diabetes insípidus. Secreção inapropriada de hormônio antidiurético e síndrome perdedora de sal cerebral. Erro inato do metabolismo. Distúrbios da tireoide na UTI. Rabdomiólise e mioglobinúria. Casos clínicos.

DISTÚRBIOS HEMATOLÓGICOS (10H/A)
Ementa:
  • Avaliação Laboratorial dos Distúrbios da Coagulação. Emergências Hematológicas. Alterações da coagulação distúrbios hemorrágicos e CIVD. Distúrbios Plaquetários. Hemoterapia e complicações. Paciente Oncológico -  Emergências. Hiperleucocitose e suas Complicações. Crise Falcêmica Grave. Anticoagulação no Paciente Pediátrico.

SEDAÇÃO, ANALGESIA E BLOQUEIO NEUROMUSCULAR (10H/A)
Ementa:
  • Anatomia e fisiopatologia da dor. Manifestações Clínicas da Dor e repercussões fisiopatológicas. Drogas sedativas. Drogas analgésicas. Drogas bloqueadoras da junção neuromuscular. Indicações e manejo das drogas sedativas,analgésicas e neurobloqueadoras. Novas drogas. Métodos para avaliação da dor, sedação e bloqueio neuromuscular. Tolerância, Abstinência e Dependência. Dellirium em UTI. Desmame da Sedoanalgesia / Drogas Substitutivas. Casos clínicos.

INFECÇÃO NA UTIP (20H/A)
Ementa:
  • Imunidades inata e adquirida, infecção e resposta do hospedeiro. Avaliação laboratorial do paciente com suspeita de infecção. Pneumonia associada à ventilação mecânica. Infecção relacionada ao cateter. Infecção de vias urinárias.Infecções bacterianas. Infecções fúngicas. Doenças causadas por vírus. Tétano e botulismo. Malária e outras doenças tropicais. Tuberculose. Colite pseudomembranosa. Endocardite infecciosa. Infecção em pacientes imunodeprimidos. Controle de infecção na UTIP/Precauções universais e tipos de isolamento. Antibioticoterapia em Medicina Intensiva e resistência de microrganismos. Antifúngicos. Antivirais. Peculiaridades do tratamento antimicrobiano na insuficiência renal e hepática e DMOS. Casos clínicos.

NEUROINTENSIVISMO (20H/A)
Ementa:
  • Avaliação da criança em coma. Estabilização inicial do paciente com insulto cerebral agudo. Hipertensão Intracraniana - etiopatogenia e fisiopatologia. Fisiopatologia da Lesão cerebral primária e secundária. Monitoração neurológica. Tratamento da hipertensão intracraniana - diretrizes. Traumatismo crânio-encefálico. Traumatismo raquimedular. Convulsão e status epilepticus. Meningites e meningoencefalites. Acidente vascular encefálico. Imagem em neurologia intensiva. Encefalopatia hipóxico-isquêmica. Encefalopatias Metabólicas. Pós-operatório de lesões infratentoriais e supratentoriais, hidrocefalia e patologias da calota craniana. Doenças neuromusculares e polineuromiopatia do paciente crítico.Casos clínicos.

TERAPIA INTENSIVA DO APARELHO DIGESTIVO (10H/A)
Ementa:
  • Hemorragia Digestiva. Abdome Agudo. Pré e Pós-operatório de Cirurgias Abdominais. Síndrome Compartimental Abdominal. Insuficiência Intestinal. Insuficiência Hepática Aguda. Pancreatite Aguda. Profilaxia da hemorragia digestiva: Indicações.racionais. Interpretação de exames de imagens. Casos clínicos

ACIDENTES NA INFÂNCIA (10H/A)
Ementa:
  • Abordagem Inicial do Paciente Politraumatizado. Trauma de Face e Vias Aéreas. Trauma Torácico. Trauma de Abdome e Pelve. Afogamento não Fatal. Grande Queimado. Queimadura Elétrica. Aspiração de Corpo Estranho. Intoxicações Exógenas I e II. Acidentes por Animais Peçonhentos. Casos Clínicos.

PROCEDIMENTOS EM UTIP (10H/A)
Ementa:
  • Acesso venoso profundo. Acesso arterial. Paracentese - Pericardiocentese - Punção lombar. Toracocentese e drenagem torácica. Lavado broncoalveolar protegido não broncoscópico - Passagem de cateter para alimentação. Cateterismo vesical, punção suprapúbica e aferição da pressão intra-abdominal. Intubação orotraqueal. Punção da cartilagem cricóide e cricotireotomia. Aspiração traqueal.

CONCEITOS BÁSICOS DO DIA-DIA DA MEDICINA INTENSIVA (10H/A)
Ementa:
  • Admissão e monitorização do paciente na UTI. Reconhecimento da sepse, Choque e DMOS. Reconhecimento da insuficiência respiratória aguda. Reconhecimento da agudização da insuficiência respiratória crônica. Problemas comuns nosrespiradores. Transporte do paciente criticamente doente. Cuidados na infusão de drogas. Prescrição na UTI e evolução no prontuário. Balanço hídrico no paciente criticamente doente. Cuidados específicos na mobilização do paciente grave. Configuração dos alarmes na UTI. Discussão de casos.

NEFROINTENSIVISMO (10H/A)
Ementa:
  • Novos Critérios Diagnósticos e Classificação LRA. Manuseio Conservador da LRA. Métodos Dialíticos I e II. Complicações em Pacientes Nefróticos. Glomerulonefrites Rapidamente Progressivas. Síndrome Hemolítica Urêmica. Emergências Hipertensivas. Complicações Nefrológicas em Oncologia. Casos clínicos.

NUTRIÇÃO EM TERAPIA INTENSIVA (10H/A)
Ementa:
  • Avaliação nutricional e gasto energético no paciente criticamente doente. Desnutrição, jejum e suas complicações. Princípios da nutrição enteral e vias de acesso. Tipos de dietas e suas indicações. Prescrição da nutrição enteral e progressão da dieta. Contra-indicações, complicações e dificuldades na progressão da nutrição enteral. Princípios e indicações para nutrição parenteral. Macronutrientes e micronutrientes. Prescrição da nutrição parenteral e progressão da nutrição parenteral. Complicações da nutrição parenteral. Casos clínicos - nutrição enteral. Casos clínicos - nutrição parenteral.

PFCCS - AMIB (20H/A)
Ementa:
  • O PFCCS, assim como o FCCS, é um curso de imersão da Sociedade Norte-Americana de Medicina Intensiva franqueada à AMIB no Brasil e voltada aos princípios fundamentais do tratamento intensivo pediátrico nas primeiras 24 horas. Tem por objetivos treinar os intensivistas pediátricos e pediatras na reanimação dos pacientes pediátricos gravemente enfermos, além de prepará-los para reconhecer e tratar a deterioração aguda de pacientes previamente estáveis. O curso, composto de módulos teóricos e práticos, ensina a priorizar as necessidades de avaliação dos pacientes pediátricos graves, a selecionar os testes diagnósticos mais apropriados, a identificar e tratar mudanças significativas nos pacientes pediátricos instáveis, a reconhecer e tratar as condições ameaçadoras à vida, e, a saber, referenciar os pacientes para centros de atendimento de maior complexidade.

TERAPIA INTENSIVA NEONATAL I (20H/A)
Ementa:
  • Reanimação neonatal. Particularidades da reanimação do neonato prematuro. Fisiologia Respiratória no neonato. Insuficiência respiratória no neonato. Taquipnéia transitória e síndrome adaptativa. Síndrome do desconforto respiratório. Síndrome de aspiração de mecônio. Pneumonias. Terapia intensiva neonatal. Diagnóstico diferencial do desconforto respiratório no neonato. Ventilação pulmonar mecânica não invasiva. Ventilação pulmonar mecânica invasiva tipos de respiradores. Ventilação pulmonar mecânica invasiva convencional. Ventilação pulmonar mecânica invasiva - novos modos ventilatórios. Ventilação de alta frequência. Ventilação pulmonar mecânica invasiva monitoração. Oxido nítrico. Complicações da ventilação pulmonar mecânica. Abordagem da doença pulmonar obstrutiva crônica. Casos clínicos.

TERAPIA INTENSIVA NEONATAL II (20H/A)
Ementa:
  • Fisiologia cardiovascular do feto e do neonato. Cardiopatias congênitas - diagnóstico. Cardiopatias congênitas - terapêutica. Choque cardiogênico no período neonatal. Abordagem do canal arterial no neonato. Icterícia neonatal. Distúrbios hematológicos no feto e no neonato. Terapia intensiva neonatal. Uso de hemocomponentes no período neonatal. Patologias cirúrgicas do trato gastrointestinal. Enterocolite necrozante. Doenças hepáticas no período neonatal. Distúrbio do metabolismo dos carboidratos. Distúrbio do metabolismo do cálcio, fósforo e magnésio. Distúrbio do metabolismo do sódio. Distúrbio do metabolismo do potássio. Necessidades hídricas no período neonatal. Distúrbios da tireoide. Casos clínicos.

TERAPIA INTENSIVA NEONATAL III (20H/A)
Ementa:
  • Doenças na gravidez e o seu impacto para o feto. Encefalopatia hipóxicoisquêmica. Hemorragia intracraniana. Lesão de substância branca. Convulsão no período neonatal. Ultrassonografia Transfontanellar doppler trancraniano. Hipotonia e doença neuromuscular. Terapia intensiva neonatal. Infecções bacterianas. Infecções por fungos e protozoários. Infecções virais. Sepse neonatal precoce. Sepse neonatal tardia. Choque séptico no período neonatal. Nutrição enteral. Nutrição parenteral. Controle térmico do neonato. Retinopatia da prematuridade. Casos Clínicos.

Pré-requisitos:

Profissionais Graduados em Medicina, portadores de CRM

Público Alvo:

Médicos Pediatras