facebook pixel code

Feliz Dia, Paiê!

Segundo domingo de agosto. Dia dos Pais.

Feliz Dia, Paiê!

13

Você sabe como a data surgiu?

Aqui no Brasil, a data foi comemorada pela primeira vez em 1953, em 16 de agosto.

A ideia da celebração saiu da cabeça de um publicitário – Sylvio Bhering – que, na época, era diretor do jornal O Globo e da rádio homônima. 

Focado na missão de criar uma data comercial (em que consumidores fossem às compras) para o, até então, “fraco” mês de agosto no Brasil, ele tentou correlacionar os pais ao dia de São Joaquim, pai de Maria, mãe de Jesus (que, no calendário litúrgico da Igreja Católica, é comemorado em 16 de agosto). Porém, nos anos seguintes a data foi transferida e fixada em um domingo, o segundo do mês, como – aliás – persiste até hoje.

Mas – mesmo que com propósitos comerciais – de onde Bhering, o publicitário lá do começo, tirou essa história de comemorar o Dia dos Pais?

Da observação do que acontecia no mundo.

O Dia dos Pais passou a repercutir no mundo a partir do início do século XX, quando a data foi institucionalizada nos EUA.

Foi em 1910 que os americanos celebraram seus genitores pela primeira vez, especificamente no dia 19 de junho. E, por lá, a escolha da data teve motivações bem mais edificantes do que aqui no Brasil.

Conta a história que a sugestão do 19 de junho partiu de Sonora Louis Dodd, uma americana que quis homenagear o pai, William Jackson Smart, um veterano da Guerra Civil 

Americana.

Viúvo, Smart criou os filhos sozinho, o que despertou em um deles – Sonora – o desejo de render homenagem ao seu desvelo de pai.

Em 1966, a data foi transferida de 19 de junho para o terceiro domingo do referido mês e, em 1972, o presidente Richard Nixon oficializou a celebração.

Bom, contada a história, daqui e de lá, o que importa mesmo é aproveitar o Dia dos Pais para mimar bastante aquele que ajudou a nos trazer ao mundo.

Feliz Dia, papais brasileiros!

[Fonte: www.calendarr.com]