facebook pixel code

Confira dicas para que uma empresa esteja, sempre, em franco crescimento

Muito empenho, muita determinação, muitas noites em claro procurando por soluções, desenvolvendo estratégias e...enfim...seu sonho, a empresa que abriu...começou a lucrar!

Confira dicas para que uma empresa esteja, sempre, em franco crescimento

13

NOV

“Sucesso, aqui estou eu!”

E chega. Missão cumprida, hora de deitar na rede e assistir o negócio caminhar.

Missão cumprida? Deitar na rede?

Levanta já daí! A responsabilidade está só começando.

Você fez bem a lição de casa, a ponto de fazer o empreendimento se pagar e ainda dar lucro, mas é agora que a “luta" vai começar pra valer: você precisa conseguir manter “a máquina funcionando” e sempre ampliando a atuação.

Fácil? Não. Estimulante? Muito.

Como já dissemos acima, ao contrário do que muitos pensam, os problemas não acabam assim que os rendimentos caem na conta. Uma empresa já consolidada se defronta com problemas complexos, bem complexos.

Exemplos?

Vamos a alguns deles.

Conquistar novos consumidores depois que o negócio já fidelizou clientela. Pensa que é fácil? Não é não. Não raro, a saída é criar nova imagem do empreendimento, investir bastante no online (por meio de marketing digital) a fim de alavancar o offline, ou seja, o negócio físico.

E treinar funcionários antigos, então? Aqueles que estão “no time” desde o começo do negócio? Tarefa intrincada. Não investir em boas práticas e políticas de benefícios pode significar potenciais talentos saírem da empresa.

Quando aquilo que era só uma ideia ao longe vira realidade palpável e a “firma” começa a render proventos é fundamental, também, priorizar esforços e saber rejeitar ofertas.

Ué, negar trabalho? Com essa crise?

Isso mesmo. Algumas oportunidades, apesar de parecerem muito boas, fazem perder o foco. E crise e falta de foco não combinam mesmo, certo? Em determinados momentos é preciso saber dizer “não”.

Estas são apenas algumas dicas. Existem muitas outras.

O importante é estar sempre atento(a) às necessidades do negócio para que ele possa estar sempre em franco crescimento.

Ah, mas e a rede lá do começo?

Deixa ela lá, estendida. Qualquer hora dessas você deita para relaxar um pouquinho.

Mas só um pouquinho, viu?

[Fonte: Exame.com]