facebook pixel code

Qualidade de vida e produtividade: home office promove a combinação – aparentemente – improvável

Você já deve ter ouvido falar em home office.

Qualidade de vida e produtividade: home office promove a combinação – aparentemente – improvável

14

ABR

Trata-se de um modelo de trabalho – remoto – cada vez mais implementado pelas empresas.

Por quê?

A explicação está nos inúmeros benefícios oferecidos pelo formato, como flexibilidade, autogestão, produtividade e redução de estresse.

Isso, especialmente, para colaboradores. Para as empresas, a solução também se revela cada vez mais promissora.

Em tempos nos quais a crise que assolou o país – parece – vai se afastando, leeentamente, a referência de prestação de serviço em questão surge oferecendo excelentes possibilidades de enxugamento de custos (traduzidos pela redução de infraestrutura e de gastos com equipes) para aqueles que são proprietários de um negócio.

E então progresso e tecnologia “colocam suas cartas à mesa”. À medida que a gestão de trabalhos e processos se torna totalmente digitalizada, o home office vai ganhando mais e mais apoiadores. 

Pudera! Todos saem ganhando com o modelo - como já dissemos acima – tanto a empresa (que enxuga custos) quanto os colaboradores (que buscam maior qualidade de vida e rotina de trabalho mais flexível).

Qualquer empresa e qualquer setor podem aderir ao referido modelo de prestação de serviço, mas ele tem sido mais observado na área de TI.

Visto que, em geral, programadores, desenvolvedores de softwares e criadores de aplicativos são contratados por projetos e, em geral, as funções que desempenham não dependem de outras áreas da empresa, a área em questão – por também ser uma das mais flexíveis em termos de locação física – acaba por absorver bem o modelo home office.

O trabalho remoto – é fato – tem proporcionado uma crescente movimentação, bem como a chance de novas carreiras. Os nômades digitais são bons exemplos disso.

Quem?

Nômades digitais. Nunca ouviu sobre eles?

São aquelas pessoas que não têm apego físico ao local de trabalho. Por isso vivem a vida viajando e trabalhando de modo remoto.

Seu sonho de consumo não realizado? Saiba que já é mais do que realidade por aí! Quem sabe não chegou a sua hora?

Porééém, antes de ir abrindo um sorrisão, imaginando qual seu próximo destino no globo, calma aí que é bom tem em mente algo muitíssimo importante: é remoto, mas continua sendo trabalho. Isso significa que existem prazos e estes devem ser cumpridos.

Home office não é Day Off. Exige maturidade a fim de que a confiança seja mantida intacta.

[Fonte: Portal Administradores]