facebook pixel code

Drones: engenhocas podem – em muito breve – passar a fazer parte da dinâmica cotidiana de empresas brasileiras

Houve um tempo em que, se olhasse para cima em um dia de sol, além do Astro-Rei e das nuvens, você poderia ver, no máximo, pipas coloridas empinadas por crianças ou entusiastas da antiga forma de diversão. Ou estrelas, em uma noite limpa, sem poluição.

Drones: engenhocas podem – em muito breve – passar a fazer parte da dinâmica cotidiana de empresas brasileiras

02

DEZ

Hoje, com a tecnologia, olhar para cima pode flagrar um drone vigiando algo ou alguém.

Pois é, a ascensão dessas engenhocas, alçadas a recurso fundamental de logística, promete reinventar, por exemplo, toda a dinâmica relativa à fretes no Brasil. 

Eles também estão – como se diz por aí – “bombando” como ferramentas (pra lá de eficientes) na gestão de infraestrutura de armazenamento.

Exemplo?

O que fazer quando é necessário localizar – rápido – determinado item em um depósito enorme, que conta com milhares de metros quadrados de espaço, além de múltiplos níveis de prateleiras?

Destacar um funcionário para esta penosa tarefa?

Que nada!

“Chama um drone” e ele dá conta do recado rapidinho!

Drones também podem realizar minuciosas inspeções de edifícios, verificando cada centímetro de uma estrutura, incluindo o telhado e as paredes. E a melhor parte: sem colocar nenhum trabalhador em risco.

E ainda há a possibilidade do “drone delivery”, já ouviu falar?

Calma, não caia para trás aí...

É que já está sendo testado em alguns países – e, certamente, em breve chegará ao Brasil – o uso dos drones para entregas residenciais.

Os dispositivos voariam para o endereço de destinatários para entregar encomendas.

Imagine só?

Se emplacar por aqui, sabe aqueeeela célebre frase dos quadrinhos “é um pássaro, é um avião? Não, é o Super-homem!”? 

Pois é, se a ideia vingar, quando você vir no céu, no domingo à noite, uma luzinha se aproximando da sua casa, em vez do Homem de Aço (ou de um alienígena querendo fazer amizade) pode ser só a sua pizza chegando...do céu!


[Fonte: Portal Administradores]