facebook pixel code

Data de Início

28/05/2018 - A partir da entrega da documentação e pagamento, o acesso será liberado em até 72 horas após o início do curso.

Carga Horária: 770 h

O curso possui carga horária total de 770h, subdivididas em 11 disciplinas específicas e 3 disciplinas dedicadas a pesquisa, estudos individuais e/ou coletivos e produção do TCC. As disciplinas específicas são concluídas em 14 meses somados a 2 meses para as disciplinas dedicadas a elaboração do TCC, totalizando 16 meses de curso. Os encontros acontecem em até três momentos, sendo nos dias das provas presenciais (em dois momentos) e na apresentação do artigo científico, para a conclusão de curso.

Pré-requisitos

Graduados em Engenharia e Arquitetura.

Público-alvo

Engenheiros e Arquitetos.

Objetivos

Tem como objetivo formar profissionais com capacidade para intervir no processo produtivo das indústrias e em empresas prestadoras de serviços e que tenham capacidade para projetar, desenvolver, implantar programas de Qualidade, de melhoria da produtividade, de Segurança Operacional e de Gestão Ambiental.

O profissional formado irá adquirir visão sistêmica das áreas de Gestão da Segurança Industrial/Negócios e será conhecedor dos segredos de técnica operacional da indústria, com formação humanística e ética mais completa, desenvolvendo-se em termos de contatos humanos e de comunicação.

É o profissional destinado a prever e prover meios para que instalações, equipamentos, construções e métodos/ condições de trabalho, sejam realmente seguros, tanto do ponto de vista do trabalhador (no risco de acidente do trabalho) quanto com relação aos riscos ao patrimônio da própria empresa e ao meio ambiente.

Investimento

Inscrição: R$ 70,00

Mensalidades:
  • 24 x R$ 360,00
  • 18 x R$ 450,00
  • 12 x R$ 645,00
  • 1 x R$ 6.912,00

INSCREVA-SE

Educação a Distância - Início do curso: 1° Semestre de 2018

* Forma de pagamento:




APRESENTAÇÃO


A Engenharia de Segurança do Trabalho tem se tornando uma das principais preocupações da sociedade moderna, ao lado da gestão e do controle ambiental.

As empresas privadas e públicas, os órgãos públicos da administração direta e indireta e dos poderes Legislativo e Judiciário, que possuam empregados regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho - CLT, manterão, obrigatoriamente, Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho, com a finalidade de promover a saúde e proteger a integridade do trabalhador no local de trabalho. (NR4 - 104.001-4 / I2).

A preservação de acidentes de todo tipo é parâmetro importante em qualquer projeto ou empreendimento, envolvendo a redução dos altos custos humanos e materiais, e consequente melhoria das condições sociais.

Conforme disposição legal, as empresas devem ter em seus quadros, profissionais de engenharia, arquitetura, geologia ou agronomia, especializados em engenharia de segurança e higiene do trabalho. O nosso curso de ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO tem exatamente o objetivo de tornar tais profissionais especializados para atuarem nas áreas de segurança e higiene do trabalho, num contexto prevencionista e de proteção do trabalhador em todas as instâncias de sua atividade ocupacional e nas diversas etapas dos setores de produção e de bens e serviços.



DISCIPLINAS


INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DE SEGURANÇA NO TRABALHO - 30H 

  • Ementa: Introdução a Engenharia de Segurança do Trabalho. Aspectos históricos no Brasil e no Mundo. A evolução da engenharia de segurança do trabalho. Entidades públicas e privadas. A engenharia de segurança do trabalho no contexto capital-trabalho. O papel e as responsabilidades do engenheiro de segurança do trabalho. A Higiene do Trabalho. Acidentes: Conceituação e classificação. Causas de acidentes: fator pessoal de insegurança, comportamento inseguro, condição ambiente de insegurança. Consequências do acidente: lesão pessoal e prejuízo material. Agente do acidente e fonte de lesão. Riscos Ambientais. Normas Regulamentadoras. O SESMT e a CIPA. Insalubridade e Periculosidade. O Programa de Prevenção de Riscos Ambientais. PPRA (Caracterização de Riscos e Grupos Homogêneos de Exposição) e o PCMSO.

LEGISLAÇÃO E NORMAS TÉCNICAS - 30H

  • Ementa: Serão apresentados os conceitos básicos de legislação e normas técnicas referentes ao ambiente de trabalho. O aluno aprenderá a distinguir entre legislação acidentária, previdenciária e sindical, e as correspondentes atribuições legais do engenheiro de segurança e do técnico de segurança do trabalho. São discutidas as ações de embargo e interdição. São introduzidos e discutidos casos reais referentes entidades e normas referentes à CIPA, SESMET, mapas de risco e PPRA entre outros. O aluno deverá obter uma visão clara das portarias e normas técnicas, bem como das diferentes hierarquias com relação às esferas federais, estaduais e municipais.

PSICOLOGIA NA ENGENHARIA DE SEGURANÇA, COMUNICAÇÃO E TREINAMENTO - 15H

  • Ementa: Dar noções de psicologia. Discutir características de personalidade e aspectos psicológicos nos acidentes e seleção de pessoal. Analisar a importância de treinamento na segurança do trabalho e requisitos de aptidão. Introduzir técnicas de comunicação e elaboração de relatórios técnicos. Analisar as Relações humanas e a dinâmica de grupo.

PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIOS E EXPLOSÕES - 60H

  • Ementa: Conceito, importância e participação da engenharia de segurança do trabalho na proteção contra incêndios. Legislação e normas brasileiras relativas à proteção contra incêndio. Seguro-incêndio. Relação empresa-segurança. Programas de proteção contra incêndio. Química e Física do fogo. Produtos de combustão e seus respectivos efeitos. Proteção estrutural: identificação, seleção e análise de materiais. Conceito e avaliação de carga-incêndio. Importância da análise dos processos industriais sob o ponto de vista incêndio. Proteção especial contra incêndio. Incêndios florestais. Sistema de detecção e alarme. Agentes extintores. Sistemas fixos e equipamentos móveis de combate a incêndio. Rede de hidrantes. Equipe de combate a incêndio. Inspeções oficiais: órgãos públicos e seguradoras. Laboratórios de ensaios no Brasil.

O AMBIENTE E AS DOENÇAS DO TRABALHO - 60H

  • Ementa: Conceitos gerais. Agentes tóxicos. Vias de penetração e eliminação dos tóxicos no organismo. Mecanismos de proteção do organismo. Absorção e metabolismo. Mecanismos de desintoxicação. Sistemas enzimáticos. Limites de tolerância. Limites de tolerância biológicos. Métodos de investigação toxicológica.
  • Conceito e importância; serviços de medicina do trabalho: atribuições e relacionamento com a engenharia de segurança; relação entre agentes ambientais e doenças do trabalho; fatores oriundos das doenças do trabalho que influenciam a produtividade e o bem-estar do trabalhador; estudo de doenças do trabalho: doenças causadas por agentes físicos, químicos e biológicos; doenças do trabalho na indústria e no meio rural; aspectos epidemiológicos das doenças do trabalho. Primeiros Socorros.

ADMINISTRAÇÃO APLICADA À ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO - 30H

  • Ementa: Serão introduzidos os principais conceitos referentes à administração e programas de engenharia de segurança do trabalho, bem como da organização dos serviços especializados de engenharia de segurança. Serão abordados aspectos do relacionamento de engenharia de segurança com outras áreas da engenharia bem como de aspectos éticos. Serão apresentados conceitos orçamentários e relações custo - beneficio dos programas de engenharia de segurança do trabalho. O aluno deverá tomar conhecimento das principais entidades voltadas à prevenção de acidentes, tanto nacionais como estrangeiras e internacionais.

PREVENÇÃO E CONTROLE DE RISCOS À MÁQUINAS, EQUIPAMENTOS E INSTALAÇÕES - 90H

  • Ementa: Serão abordados diversos temas incluindo: bombas, motores, máquinas de guindar e transportar, vasos, caldeiras, fornos e compressores. Serão discutidos os princípios básicos referentes a dispositivos elétricos, incluindo eletricidade estática, cabines de força, aterramento e pára-raios. Serão introduzidos conceitos de arranjo físico e equipamento de proteção individual, bem como de superfícies de trabalho. O enfoque do curso é preventivo e incluirá sistemas de proteção coletiva.
  • Estabelecer diretrizes de ordem administrativa, de planejamento e de organização, que objetivam a implementação de medidas de controle e sistemas preventivos de segurança nos processos, nas condições e no meio ambiente de trabalho na Indústria da Construção. Estudo dos aspectos inerentes a Norma Regulamentadora n.18. Aspectos comportamentais de produção e redução dos riscos em obras de Construção.
  • Estabelecer os requisitos e condições mínimas objetivando a implementação de medidas de controle e sistemas preventivos, de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores que, direta ou indiretamente, interajam em instalações elétricas e serviços com eletricidade.

PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE - 45H

  • Ementa: Apresentar conceitos de proteção ambiental, aspectos legais e órgãos institucionais. Estudos de proteção ao meio ambiente e critérios técnicos. Fornecer os princípios de qualidade das águas, do ar e do solo. Introduzir noções de saneamento, de resíduos industriais e casos emergenciais.

HIGIENE DO TRABALHO - 150H

  • Ementa: Agentes Físicos - Conceituação, classificação e reconhecimento dos riscos físicos. Ruídos: conceitos gerais e ocorrência, física do som, critérios de avaliação, práticas e técnicas de medição, análise de medidas de controle. Vibrações: conceitos gerais e ocorrência, física das vibrações, critérios de avaliação, práticas e técnicas de medição, análise de medidas de controle. Trabalho prático de controle de ruídos e vibrações. Sobrecarga térmica: conceitos gerais e ocorrências, transmissão de calor, prática de técnicas de medição, critérios de avaliação, medidas de avaliação e controle. Temperaturas baixas: conceitos gerais e ocorrência, critérios de avaliação, medidas de controle e avaliação, trabalho prático. Iluminação: conceitos gerais, níveis de iluminamento, efeitos estroboscópicos, técnicas de medição, fatores interferentes na iluminação, iluminação especial, laboratório de avaliação e análise de projeto de iluminação. Pressões elevadas e baixas: conceituação e ocorrência, avaliação e medidas de controle.
  • Agentes Químicos – Conceituação, classificação e reconhecimento dos riscos químicos. Limites de tolerância. Técnicas de reconhecimento. Contaminantes sólidos e líquidos: classificação e ocorrência, estratégia de amostragem, técnicas de avaliação. Contaminantes gasosos: classificação e ocorrência, estratégia de amostragem, técnicas de avaliação. Medidas de controle coletivo para agentes químicos. Medidas de controle individual. Estudos de casos específicos. Laboratório de manuseio de equipamentos de avaliação de contaminantes sólidos e líquidos. Laboratório de manuseio de equipamentos de avaliação de contaminantes gasosos. Laboratório de aferição e determinação de vazão dos equipamentos de avaliação. Trabalho prático de controle de agentes químicos. Riscos relativos ao manuseio, armazenagem e transporte de substâncias agressivas.
  • Radiações eletromagnéticas – Radiação ionizante: conceituação, ocorrência, classificação, técnicas de medição, critérios de avaliação e medidas de controle. Radiação não ionizante: conceitos gerais. Radio Frequência: conceituação, ocorrência, classificação, técnicas de medição, critérios de avaliação e medidas de controle. Radiação infravermelha: conceituação, ocorrência, classificação. técnicas de medição , critérios de avaliação e medidas de controle. Radiação ultravioleta: conceito, ocorrência, classificação. Técnicas de medição, critérios de avaliação e medidas de controle. Laser e Maser: conceituação, ocorrência, classificação. Técnicas de medição, critérios de avaliação e medidas de controle.Ventilação aplicada à Engenharia de Segurança – conceituação. Ventilação geral: ventilação para conforto térmico, ventilação natural, ventilação geral diluidora. Ventilação local exaustora aplicada ao controle de contaminantes dos ambientes de trabalho. Trabalho prático de ventilação. Laboratório de avaliação de sistemas de ventilação: manuseio de aparelhos de medição. Medição de velocidade de ar e pressão estática em dutos.

ERGONOMIA - 60H

  • Ementa: Apresentar os conceitos básicos de ergonomia com base em noções de fisiologia humana. Analisar as relações entre acidentes, idade, fadiga e vigilância. Apresentar os conceitos de antropometria. Discutir o dimensionamento de postos de trabalho e as limitações sensoriais. Analisar os sistemas homem-máquina.

GERÊNCIA DE RISCOS - 60H

  • Ementa: Conceituar e exemplificar os vários tipos de riscos ocupacionais, relacionamento riscos com qualidade e segurança. Apresentar ferramentas para análise de riscos e investigação de acidentes, usando ferramentas estatísticas e matemáticas. Técnicas de análise de riscos (AMFE, AAF, APR, etc). Discutir avaliação de custos de acidentes de programas de prevenção e avaliação de perdas. Analisar a questão do seguro, auto-seguro e transferência de riscos. Sistema de Gestão Integrado – SGI (Normas Técnicas).

METODOLOGIA DA PESQUISA - 35H

  • Ementa: Introdução aos conceitos básicos da metodologia científica.  A ciência e a produção de conhecimento. Os tipos de pesquisa e os instrumentos de coleta de dados. O projeto de pesquisa. Estilo da redação técnico-científica. Fundamentação teórica na construção do texto. Elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais. Citações: conceito, características e tipologia. 

ORIENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - 35H

  • Ementa: Elaboração, orientação e entrega do Trabalho de Conclusão do Curso - TCC (artigo científico), que envolve o levantamento, a análise e a difusão dos resultados obtidos na pesquisa realizada pelo discente, obedecendo às normas e regulamentos metodológicos. Defesa do respectivo trabalho perante a Banca Avaliadora.

ESTUDO INDIVIDUAL OU EM GRUPO - 70H

  • Ementa: Estudo individual ou em grupo, visando o aperfeiçoamento de questões teórico metodológicas relacionadas ao currículo. 

COORDENADOR

André Raeli Gomes

Coordenador

Possui graduação em Engenharia Civil com ênfase em Produção pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (1999), pós graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho pela Faculdade Redentor (2009), MBA em Gestão Acadêmica e Universitária pela Georgetown University (2012), pós graduado em Gestão Educacional em IES pela Faculdade Redentor (2014), mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (2003) e doutorado em andamento em Cognição e Linguagem pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro. Atualmente é Avaliador do MEC em Cursos Superiores de Tecnologia (CST) e Bacharelados - Presenciais e EaD, Acreditador de Cursos de Engenharia do MercoSul (ARCU-SUL), Pró-reitor de Ensino, Pesquisa e Extensão do Centro Universitário Redentor (Itaperuna, Campos dos Goytacazes, Paraíba do Sul e Queimados), Coordenador do Curso de Pós graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho (Presencial e EaD), Conselheiro do CREA/RJ. Tem ampla experiência na Gestão Acadêmica conquistando significativos resultados em avaliações institucionais, autorizações/reconhecimentos de cursos, em especial Medicina, ENADE, CPC, IGC, credenciamentos de IES, gestão da permanência, novos projetos, dentre outros.

PROFESSOR

Muriel Batista de Oliveira

Possui graduação em Engenharia Civil pela Fundação Universidade Federal do Rio Grande- FURG (2002) e Engenharia de Segurança do Trabalho (2011) pela Faculdade Redentor. Especialista em Docência do Ensino Superior (2007), Especialista em Educação Ambiental (2014). Mestre em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - COPPE/UFRJ (2005). Doutora em Ciências da Educação pela Universidad Americana (2016). Tem experiência como Engenheira Civil, nas áreas de Construção Civil e Segurança do Trabalho. Foi docente da Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Atuou na elaboração de material didático-pedagógico (conteudista para EaD) nos cursos de Engenharia. Exerceu o cargo de Engenheira Civil com a função de responsável técnica, em empresas privadas. Atua como docente no Centro Universitário Redentor nos cursos de graduação em Engenharias e pós-graduação em Engenharia de Segurança Trabalho. Coordena o curso de graduação em Engenharia Civil na modalidade à Distância.

Dilma Lúcia da Costa Silva Pimentel

Doutora em Engenharia Civil pela Universidade Federal Fluminense na Linha de pesquisa Gestão Ambiental e Desempenho do Ambiente Construído. Possui mestrado profissional em Sistemas de Gestão pela mesma universidade. Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade Santa Úrsula possui ainda pós graduação em Gestão de Negócios Sustentáveis pela UFF (RJ), e Educação Infantil pela PUC (RJ. Atua como consultora de empresas públicas e privadas implementando Sistemas de Gestão Integrados - Qualidade, Meio Ambiente, Segurança e Saúde do Trabalho, Governança e Relacionamento Comunitário. Atua como docente em cursos de pós-graduação na área de Sustentabilidade, Gestão Ambiental, Responsabilidade Social e Sistema de Gestão Integrados nas Universidades UFF, UNICAMP, UFRJ e IBMEC.

Dura Ferrer de Menezes

Possui graduação em Licenciatura Em Psicologia pela Faculdade de Humanidades Pedro II (1974) ]FORMAÇÃODE PSICOÓLOGO pela Faculdade de Humanidades Pedro II (1975). Espercialista em :Psicologia Organizacional e do Trabalho,Psicoterapia Cognitivo Comportamental, Psicologia Clinica e Psicanálise - Atualmente é psicóloga clinica e psofessora de Psicologia - coordenadora do Nucleo de Apoio Psicopedagógico (NAPp) -Professora de Psicologia Aplicada a Segurança do Trabalho. curso de Pós Graduação Segurança do Trabalho,na Faculdade Redentor em Itaperuna/RJ Consultoria na área Empresarial.

Marco Túlio Gomes Vicente

Possui graduação em Direito pela Universidade Salgado de Oliveira (2000). Atualmente é advogado - MARCO TÚLIO VICENTE ADVOGADOS ASSOCIADOS, professor da Faculdade Figueiredo Costa, professor da Universidade Severino Sombra, professor instrutor da Universidade Castelo Branco, professor da Universidade Estácio de Sá, professor instrutor da Faculdade Redentor e professor instrutor da Faculdade Laboro. MBA em Direito do Trabalho, pela FGV Fundação Getúlio Vargas. (2005/06). Especialista em processo Ambiental, pela UERJ. (2002/03) Especialista em Direito Público, pela UNESA,. (2001/02) Presidente da comissão sindical e trabalhista da OAB/RJ 8SUBSEÇÃO

Sidnei de Pinho

Possui graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina de Campos (1986), Residência Médica em Gastroenterologia Cirúrgica pelo Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo (1989), Pós Graduação em Medicina do Trabalho pela UNIRIO (1999), MBA em Gerência de Saúde pela FGV RIO (2004) e Mestrado Profissional em Sistemas de Gestão da Universidade Federal Fluminense - UFF (2013). Atualmente é Coordenador do Serviço de Saúde Ocupacional da Unimed Costa do Sol e Professor em Pós-Graduação lato sensu em Medicina do Trabalho, Engenharia de Segurança do Trabalho e QSMS na Universidade Estácio de Sá.

Renato Fernandes de Paulo

Possui graduação em Fisioterapia (2001), mestrado em Química Biológica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2005) e doutorado em Química Biológica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2009). Fez parte do programa doutorado Sandwich (CAPES) no Imperial College London (2005-2007), Reino Unido, fez Pós Doutorado no Laboratório de Farmacologia Bioquímica e Molecular (ICB-UFRJ) (2010-2012), Foi Coordenador do Curso de Fisioterapia no Instituto Brasileiro de Medicina de Reabilitação e Fisioterapeuta na Clinica Escola de Fisioterapia (IBMR- Laureate Universities) e coordenador do curso de Pós Graduação em Neurociências da Reabilitação Física (IBMR- Laureate Universities) (2011-2013). Atualmente é fisioterapeuta do CIRTA - Centro Integrado de Reabilitação e Terapia Aquatica, Coordena o curso de Pós Graduação em Neurociências da Reabilitação na Universidade Veiga de Almeida (UVA-2015), Professor de Hatha Yoga pelo Svadhyaya-RJ- yoga alliance (2014). Classificador Paralímpico de Bocha, Futebol de Sete e Power Soccer, diretor do Instituto ReAbilitArte-UFRJ, professor da Pós Graduação em segurança do trabalho (UniRedentor), professor convidado do Instituto de Psiquiatria (IPUB-UFRJ) Professor do curso de Biomedicina na Universidade Geraldo Di Biase (UGB) e Coordenador do curso capacitação de profissionais de Saúde da Secretaria Municipal de Pessoas com Deficiência do município do Rio de Janeiro. Membro da Câmaras técnicas de Fisioterapia Neurofuncional e Educação do CREFITO-2. Tem experiência na área de Gestão em Saúde, Reabilitação Neurofuncional, Ergonomia, atuando principalmente nos seguintes temas: pilates, yoga restaurativa, sling desk, realidade virtual e empreendedorismo social.

Márcio Jorge Gomes Vicente

Márcio Jorge Gomes Vicente é Engenheiro de Segurança do Trabalho pela Universidade Federal Fluminense (1994) e Arquiteto e Urbanista pela Faculdades Integradas Silva e Souza (1987) . Mestre em Sistemas de Gestão Integrado pela UFF (2002). Atualmente é Engenheiro de Segurança do Trabalho da Fresenius Medical Care e da Unimed Costa do Sol / RJ. Professor e Coordenador da Universidade Estácio de Sá. Atua ainda como Perito em diversas Varas do Trabalho do Estado do Rio de Janeiro e São Paulo e é Consultor Técnico do Conselho de Educação do Estado do Rio de janeiro. Membro Efetivo da Sociedade Brasileira de Engenharia de Segurança. Compõe o colegiado do Curso de Gestão Ambiental e do Curso superior de tecnologia em gestão ambiental e do curso superior de tecnologia de gestão em Recursos Humanos na modalidade EAD da Universidade Estácio de Sá. Compõe o Núcleo Docente Estruturante do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental no regime EAD da Universidade Estácio de Sá.

Felipe da Costa Brasil

Técnico em Agropecuária (1992). Graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (1997), mestrado em Agronomia (Ciências do Solo) pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (2001) e doutorado em Agronomia Ciência do Solo pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (2005) com bolsa sanduíche da CAPES na Universidade de Évora em Portugal. Professor do Mestrado Profissional em Ciências do Meio Ambiente e do curso de Graduação em Engenharia Ambiental da Universidade Veiga de Almeida. Professor do Mestrado Acadêmico em Tecnologias Ambientais da UFF/VR. Professor da Graduação em Geografia da Universidade Estácio de Sá. Professor do Curso de MBA em Gestão de Negócios de Incorporação e Construção Imobiliária da Fundação Getúlio Vargas - FGV. Diretor Técnico da Empresa AmbienteBrasil Soluções Agroambientais/BioRio. Sócio Diretor da Empresa Embarque Cultural Turismo Acadêmico e Eventos. Foi Assessor de Meio Ambiente e de Desenvolvimento do Interior da Presidência do CREA-RJ (2015-2017). Conselheiro da CECA e CONEMA do Estado do Rio de Janeiro (2015-2017). Conselheiro do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Guandu (2015-2017). Pró Reitor de Pesquisa e Pós Graduação da Universidade Severino Sombra (2009 a 2010) e Professor adjunto I (02/2002 a 02/2013) do Curso de Engenharia Ambiental e atual Coordenador do Mestrado Profissional em Ciencias Ambietais da USS (2010 a 2012). Foi Professor do curso de Gestão Ambiental e de Pós Graduação em Saúde e Meio Ambiente da FAETEC/IST Paracambi (2007-2010). Tem experiência na área de Agronomia e Engenharia Ambiental, com ênfase em Gestão Ambiental Empresarial, Licenciamento Ambiental, Ecofisiologia de Plantas Cultivadas, Manejo e Conservação do Solo e da Água, Avaliação de Impactos Ambientais e Gerenciamento de Resíduos. Além disso, tem importante atuação nas diferentes áreas do Meio Ambiente, tais como, Gestão de Recursos Hídricos, Resíduos Sólidos, Gestão, Recuperação e Remediação de solos Contaminados e áreas degradadas.

Duvidas Frequentes

1. Como é a Pós-Graduação EaD da UniRedentor?

Um curso de excelência, desenvolvido e coordenado por profissionais de destaque, ensinando a você o que realmente importa para destacar-se no mercado de trabalho.
É assim a Pós-graduação da UniRedentor.

2. Como o curso é organizado?

O curso conta com 10 (dez) disciplinas específicas, abordando os temas mais relevantes da área, de forma direta e aplicada, e 03 (três) de estudo e produção do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Cada disciplina tem carga horária de 35 (trinta e cinco) horas, com duração de 05 (cinco) semanas, que deverão ser concluídas em 15 meses. Entre uma disciplina e outra você terá um intervalo de 01(uma) semana para concluir as atividades pendentes ou relaxar, se estiver tudo em dia. Este calendário estará disponível no início do curso.

3. Como é a plataforma de ensino?

Nossa plataforma de estudos e uma das mais avançadas do mundo, chamada Black Board (Bb). Esta plataforma é utilizada por importantes instituições de ensino, empresas e até mesmo pelas Academias Militares Americanas e Europeias. Dessa forma, oferecemos o que há de mais moderno e atual aos nossos alunos, que poderão estudar acessando o ambiente do seu computador, tablet e até mesmo no seu smartphone. Na plataforma todos os vídeos, textos e exercícios estarão disponíveis até a conclusão do curso.

4. Como acontece a disciplina?

As disciplinas contam com videoaulas dinâmicas, gravadas em sequência, para serem assistidas de acordo coma sua disponibilidade, seguindo o calendário estabelecido pela disciplina. Além disso, você terá acesso a artigos científicos e bibliotecas digitais que fornecem material de estudo completar à sua formação.

Em cada disciplina você terá exercícios avaliativos e vai interagir com os mesmos professores que gravaram as videoaulas. Eles estarão disponíveis para atender as suas dúvidas e participar de fóruns de discussão sobre temas do dia a dia profissional.

5. Como serão as Avaliações?

As avaliações são divididas em 02 (dois) grupos. As atividades online, feitas na plataforma, valendo 4,0 (quatro) pontos e a avaliação presencial, valendo 6,0 (seis) pontos, totalizando 10,0(dez) pontos por disciplina. Para ser aprovado você deve alcançar um total de 7,0 (sete) pontos por disciplina.

As avaliações presenciais podem ocorrer em 02 momentos (datas diferentes) do curso ou em 01 momento (única data), fica a sua escolha, ou seja, 02 avaliações presenciais (a primeira na conclusão da 5ª disciplina específica e a segunda na conclusão da 10ª disciplina específica) ou (a primeira e a segunda na conclusão da 10ª disciplina específica), além da apresentação do TCC. Ambas deverão ser agendadas com nossa secretaria e devem ser realizadas no polo mais perto de você.

Nos casos de reprovação em alguma disciplina, a prova final será online.

Conforme as regras do MEC, além da prova escrita, você apresentará um artigo científico (TCC). Para a produção do mesmo, você receberá a orientação de professores do curso que lhe conduzirão na escrita de um material no padrão solicitado para publicação em revistas científicas da sua área.

Após o fim da orientação de TCC, você terá até 04 (quatro) meses para concluir o seu trabalho final.

6. Onde são os polos?

Abaixo segue uma lista de cidades que você poderá escolher para fazer as provas e a apresentação do trabalho de conclusão. 

Estado / Cidade

- Bahia - Salvador
- Distrito Federal- Brasília
- Mato Grosso do Sul - Dourados
- Minas Gerais - Belo Horizonte / Juiz de Fora / Uberlândia
- Paraná - Curitiba
- Pernambuco - Recife
- Rio de Janeiro - Campos dos Goytacazes / Itaperuna / Paraíba do Sul / Rio de Janeiro / Queimados
- Rio Grande do Sul - Porto Alegre
- São Paulo - São Paulo

O local, dia e horário disponível nestas cidades será informado na confirmação do agendamento das avaliações.

COMPARTILHAR