facebook pixel code

Data de Início

29/05/2017

Carga Horária: 490 h

O curso possui carga hor√°ria total de 490h, subdivididas em 10 disciplinas espec√≠ficas e 3 disciplinas dedicadas a pesquisa, estudos individuais e/ou coletivos e produ√ß√£o do TCC. As disciplinas espec√≠ficas s√£o conclu√≠das em 14 meses somados a 2 meses para as disciplinas dedicadas a elabora√ß√£o do TCC, totalizando 16 meses de curso. Os encontros acontecem nos dias das provas presenciais (em dois momentos do curso) e na apresenta√ß√£o do artigo cient√≠fico, para a conclus√£o de curso. Pr√°tica presencial opcional (extracurricular) de 20 horas ‚Äď com certifica√ß√£o e valor adicional de R$ 450,00 - (realizada na Interfisio - Rio de Janeiro).

Pré-requisitos

Portadores de Diplomas de Graduação em Fisioterapia.

Público-alvo

Portadores de Diplomas de Graduação em Fisioterapia.

Objetivos

Capacitar, atualizar e aperfeiçoar fisioterapeutas nos aspectos teóricos e práticos encontrados nas UTI.
a) Rever e aprofundar os conhecimentos anátomo-fisiológicos e fisiopatológicos do sistema cardiorrespiratório, neurológico e osteomioarticular do paciente crítico.
b) Aperfei√ßoar os fundamentos do suporte ventilat√≥rio mec√Ęnico, enfatizando a literatura atualizada e investiga√ß√£o cient√≠fica.
c) Capacitar o participante a avaliar, elaborar e implementar o melhor programa de recursos fisioterapêuticos; e
d) Desenvolver o senso cr√≠tico nas diversas interven√ß√Ķes da fisioterapia na UTI.

Investimento

Inscrição: R$ 120,00

Mensalidades:
  • 18 x R$ 435,00


INSCREVA-SE

Educa√ß√£o a Dist√Ęncia / Campus Virtual

* Forma de pagamento





APRESENTAÇÃO


O tratamento prestado √†s pessoas nas Unidades de Terapia Intensiva- UTI deve ser espec√≠fico e atualizado com o intuito de resgatar as condi√ß√Ķes ideais de sa√ļde de pessoas portadoras de enfermidades cr√≠ticas. A qualidade de assist√™ncia prestada pela equipe da UTI vai fazer a diferen√ßa no resultado final e tamb√©m no per√≠odo de alta da UTI. Isto tudo est√° diretamente relacionada com os avan√ßos da ci√™ncia em m√°quinas, medica√ß√Ķes e, principalmente, da qualifica√ß√£o dos profissionais que integram a equipe da UTI como m√©dicos, enfermeiros, fisioterapeutas, nutricionistas e fonoaudi√≥logos. A portaria GM/MS/N¬ļ 2918, de 09 de junho de 1998, publicada n o DOU n¬ļ111, de 15 de junho de 1998 estabelece, dentre v√°rias normas para uma UTI existir, preconiza-se, dentre outras coisas, a exist√™ncia de um profissional de Fisioterapia na UTI para cada 10 leitos de pacientes durante vinte quatro horas. O Fisioterapeuta que trabalha na UTI necessita de uma especializa√ß√£o profissional destinada √† assist√™ncia ao paciente cr√≠tico. Isto tamb√©m virou uma recomenda√ß√£o da Anvisa (RDC). O trabalho do fisioterapeuta envolve conhecimento espec√≠fico, diretamente ligado ao quadro cl√≠nico que a doen√ßa do paciente apresenta, que envolve aspectos funcionais cardiorrespirat√≥rios e osteomioarticular. Para tanto, a atua√ß√£o do fisioterapeuta √© fundamental desse o momento cr√≠tico da doen√ßa como tamb√©m durante per√≠odo de estabiliza√ß√£o e melhora com intuito de promover a reabilita√ß√£o precoce do paciente. Buscando atender a essa especificidade da fisioterapia, elaboramos um programa, fundamentado no que se preconiza a atua√ß√£o do fisioterapeuta na UTI, para o Curso de P√≥s-Gradua√ß√£o Lato Sensu Fisioterapia em Unidade de terapia Intensiva.

DISCIPLINAS


FISIOLOGIA RESPIRAT√ďRIA E PRINC√ćPIOS DA VENTILA√á√ÉO MEC√āNICA - 35h
Ementa:
  • Verificar e correlacionar a fun√ß√£o do sistema Cardiorrespirat√≥rio em conjunto com as propriedades mec√Ęnicas do sistema respirat√≥rio e sua intera√ß√£o com o sistema cardiovascular. Entender a rela√ß√£o ventila√ß√£o/ perfus√£o e os mecanismos de troca e transporte de gases. Analisar quais as varia√ß√Ķes patol√≥gicas e situa√ß√Ķes especiais destes sistemas no paciente cr√≠tico em ventila√ß√£o espont√Ęnea e em ventila√ß√£o mec√Ęnica. Al√©m disso, este m√≥dulo tamb√©m ir√° conceituar os fundamentos da ventila√ß√£o mec√Ęnica e os m√≥dulos ventilat√≥rios b√°sicos: ventila√ß√£o volume controlado (VCV), ventila√ß√£o press√£o controlada (PCV), volume assistido (VA), ventila√ß√£o mandat√≥ria intermitente sincronizada (PSV) e press√£o de suporte (PSV). Os modos ser√£o abordados levando-se em conta os par√Ęmetros, forma de titula√ß√£o e monitoriza√ß√£o dos efeitos biomec√Ęnicos/pulmonares durante a ventila√ß√£o do paciente.

CARDIOINTENSIVISMO: FISIOPATOLOGIA, MONITORIZA√á√ÉO E VENTILA√á√ÉO MEC√āNICA - 35h
Ementa:
  • Este m√≥dulo aborda conceitos da fisiologia e morfofisiologia direcionando para o conhecimento da fisiopatologia, preven√ß√£o, monitoriza√ß√£o e tratamento das principais doen√ßas do sistema cardiovascular como Arritmias, Coronariopatias, Insufici√™ncia Card√≠aca, Revasculariza√ß√£o Mioc√°rdica, Valvoplastias e as poss√≠veis complica√ß√Ķes. Neste m√≥dulo tamb√©m ser√° abordado a ventila√ß√£o mec√Ęnica e sua aplicabilidade e interven√ß√Ķes/cuidados.

PNEUMOINTENSIVISMO 1: FISIOPATOLOGIA, MONITORIZA√á√ÉO E VENTILA√á√ÉO MEC√āNICA - 35h
Ementa:
  • Este m√≥dulo aborda conceitos da fisiologia e morfofisiologia direcionando para o conhecimento da fisiopatologia, preven√ß√£o, monitoriza√ß√£o e tratamento das principais doen√ßas respirat√≥rias obstrutivas e restritivas. Neste m√≥dulo tamb√©m ser√° abordado a ventila√ß√£o mec√Ęnica e sua aplicabilidade nas diversas afec√ß√Ķes respirat√≥rias obstrutivas e restritivas com √™nfase na monitoriza√ß√£o e otimiza√ß√£o da mec√Ęnica atrav√©s da verifica√ß√£o dos gr√°ficos de fluxo e complac√™ncia respirat√≥ria para evitar Auto PEEP e Assincronias na ventila√ß√£o mec√Ęnica.

PNEUMOINTENSIVISMO 1: FISIOPATOLOGIA, MONITORIZA√á√ÉO E VENTILA√á√ÉO MEC√āNICA - 35h
Ementa:
  • Este m√≥dulo aborda conceitos da fisiologia e morfofisiologia direcionando para o conhecimento da fisiopatologia, preven√ß√£o, monitoriza√ß√£o e tratamento das principais doen√ßas respirat√≥rias que apresentem aspecto inflamat√≥rio como SIRS, SARA, Infec√ß√Ķes respirat√≥rias dentre outras. Neste m√≥dulo tamb√©m ser√° abordado a ventila√ß√£o mec√Ęnica e sua aplicabilidade com √™nfase na melhor escolha do modo ventilat√≥rio e mecanismo de verifica√ß√£o/otimiza√ß√£o da complac√™ncia atrav√©s do PEEP ideal, Recrutamento Alveolar, Ventila√ß√£o Protetora Pulmonar e uso de Circula√ß√£o Extra Corp√≥rea. Ser√° abordado as formas de encontrar o PEEP ideal e os tipos/ indica√ß√£o de Manobras de Recrutamento Alveolar. 

NEUROINTENSIVISMOS: FISIOPATOLOGIA, MONITORIZA√á√ÉO E VENTILA√á√ÉO MEC√āNICA - 35h
Ementa:
  • Este m√≥dulo aborda conceitos da fisiologia e morfofisiologia direcionando para o conhecimento da fisiopatologia, preven√ß√£o, monitoriza√ß√£o e tratamento das principais doen√ßas neurl√≥gicas como TCE, Acidente vascular, TRM, Hipertens√£o intracraniana dentre outras como doen√ßas neuromusculares. Neste m√≥dulo tamb√©m ser√° abordado a ventila√ß√£o mec√Ęnica protetora neurol√≥gica baseado na monitoriza√ß√£o da PIC, consumo cerebral de oxig√™nio e da press√£o de perfus√£o cerebral bem como demonstrar os mecanismos de monitoriza√ß√£o cerebral e ventilat√≥ria invasivas e n√£o invasivas.

OXIGENOTERAPIA E VENTILA√á√ÉO MEC√āNICA N√ÉO-INVASIVA - 35h
Ementa:
  • Este m√≥dulo ir√° verificar as indica√ß√Ķes e aplicabilidade do suporte de oxig√™nio e/ou da ventila√ß√£o mec√Ęnica n√£o-invasiva nas diferentes enfermidades card√≠acas, respirat√≥rias, neuromusculares na emerg√™ncia, UTI, domicilio ou como ferramenta da conduta fisioter√°pica. Ser√° discutido os crit√©rios de sucesso ou interrup√ß√£o do suporte assim como a forma de aplicar versus benef√≠cio e toler√Ęncia do paciente. O m√≥dulo ir√° abordar as formas de VNI ( BILEVEL ou CPAP), a titula√ß√£o dos par√Ęmetros, quais interfaces indicadas e a monitoriza√ß√£o de todo processo com identifica√ß√£o de sinais de alerta, seguran√ßa e interrup√ß√£o.

IMAGINOLOGIA, FARMACOLOGIA E EXAMES COMPLEMENTARES APLICADA A TERAPIA INTENSIVA - 35h
Ementa:
  • Este m√≥dulo promove o conhecimento dos m√©todos de diagn√≥sticos por imagem utilizados nas unidades de terapia intensiva fornecendo desta forma, subs√≠dios para o estudo das estruturas anat√īmicas e as principais altera√ß√Ķes na imagem que sugerem patologia nos pacientes em terapia intensiva atravos do RX, TC e RNM. Ser√° tamb√©m abordado exames laboratoriais e suas altera√ß√Ķes/correla√ß√£o com o paciente na terapia intensiva como: hemat√≥crito, taxa de leuc√≥citos, Insulina, PCR, marcadores hep√°ticos, marcadores musculares espec√≠ficos e inespec√≠ficos, eletr√≥litos, marcadores renais dentre outros. O m√≥dulo ainda abordar√° os f√°rmacos mais utilizados no dia a dia da UTI e suas a√ß√Ķes farmacocin√©ticas bem como efeitos colaterais relacionados a reablita√ß√£o.

DESMAME DA VENTILA√á√ÉO MEC√āNICA E PROTOCOLOS DE TREINAMENTO MUSCULAR - 35h
Ementa: 
  • Este m√≥dulo objetiva avaliar a descontinua√ß√£o do paciente da ventila√ß√£o mec√Ęnica e eleger as ferramentas para pr√© dizer o sucesso do paciente como os √≠ndices de desmame versus a cl√≠nica do paciente. Ser√£o  discutido os tipos de desmame e como atuar junto ao desmame dif√≠cil e eleger as formas de treinamento muscular atrav√©s cargas lineares ( power breathe e treshold)

RECURSOS FISIOTERAPÊUTICOS NA UTI - 35h
Ementa:
  • Este m√≥dulo personaliza o papel do fisioterapeuta na UTI objetivando a reabilita√ß√£o do paciente cr√≠tico em ventila√ß√£o mec√Ęnica ou espont√Ęnea atrav√©s do o uso de um arsenal de t√©cnicas fisioter√°picas, cinesioterapia e/ou aparelhagem espec√≠fica. Al√©m disso, ser√° abordado as diversas formas de reintegrar o paciente cr√≠tico para alta e recupera√ß√£o de suas atividades funcionais de forma qualitativa e/ou adaptada.

DIAGN√ďSTICO FISIOTERAP√äUTICO E IMPLEMENTA√á√ÉO DE UM PROGRAMA DE REABILITA√á√āO NA UTI. - 35h
Ementa:
  • A proposta deste m√≥dulo √© desenvolver conceitos de avalia√ß√£o fisioterap√™utica sobre o perfil do paciente cr√≠tico, submetido ou n√£o a assist√™ncia ventilat√≥ria, elucidando qual a melhor proposta de tratamento que a fisioterapia poder√° desempenhar diante de um diagn√≥stico fisioterap√™utico. O m√≥dulo visa a discuss√£o de casos cl√≠nicos e a forma de assist√™ncia versus a reabilita√ß√£o funcional do paciente cr√≠tico baseado em avalia√ß√£o com escalas funcionais e a institui√ß√£o de metas e progn√≥sticos de reabilita√ß√£o. Este m√≥dulo tamb√©m ir√° verifica implementar um programa de fisioterapia para ser realizado nos pacientes cr√≠ticos com √™nfase motora e aplicado em diferentes enfermidades, visando a interpreta√ß√£o fisiol√≥gica da reabilita√ß√£o na UTI como um fator preponderante para o restabelecimento do paciente. Conceitos de neuroplasticidade e posturas s√£o abordados com intuito de levar o fisioterapeuta a entender o paciente como um todo.

METODOLOGIA CIENT√ćFICA - 35h
Ementa:
  • Introdu√ß√£o aos conceitos b√°sicos da metodologia cient√≠fica.  A ci√™ncia e a produ√ß√£o de conhecimento. Os tipos de pesquisa e os instrumentos de coleta de dados. O projeto de pesquisa. Estilo da reda√ß√£o t√©cnico-cient√≠fica. Fundamenta√ß√£o te√≥rica na constru√ß√£o do texto. Elementos pr√©-textuais, textuais e p√≥s-textuais. Cita√ß√Ķes: conceito, caracter√≠sticas e tipologia.

ORIENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - 35h
Ementa:
  • Elabora√ß√£o, orienta√ß√£o e entrega do Trabalho de Conclus√£o do Curso - TCC (artigo cient√≠fico), que envolve o levantamento, a an√°lise e a difus√£o dos resultados obtidos na pesquisa realizada pelo discente, obedecendo √†s normas e regulamentos metodol√≥gicos. Defesa do respectivo trabalho perante a Banca Avaliadora.

TEMPO DE ESTUDO INDIVIDUAL OU EM GRUPO - 70h
Ementa:
  • Estudo individual ou em grupo, visando o aperfei√ßoamento de quest√Ķes te√≥rico metodol√≥gicas relacionadas ao curr√≠culo.

COORDENADOR

Profª. Patrícia Vieira Fernandes

Coordenador

Especialista em terapia intensiva pela UNESA / Título de Especialista pela ASSOBRAFIR Coordenadora de Fisioterapia dos hospitais Rios D'Or e Norte D'Or da Rede D'Or/São Luiz, Diretora de Ensino do Grupo InterFISIO

PROFESSOR

Prof. Eduardo √Čriko Ten√≥rio Fran√ßa

Mestre em Biofísica pela UFPE, Especialista pela ASSOBRAFIR, Fisioterapeuta do Hospital Agamenon Magalhães; Coordenador Técnico-científico da Pulmocardio Fisioterapia.

Prof. Ezequiel M√Ęnica Pianezzola

Especialista em terapia Intensiva pela IBMR, Especialista pela ASSOBRAFIR, Ft. Coordenador da Terapia Intensiva dos Hospitais Rios e Norte D'Or da Rede D'Or/São Luiz e Coordenador de Fisioterapia do Hospital Niterói D'Or

Prof. Francimar Ferrari Ramos

Mestre em Fisiologia pela UFPE, Especialista pela ASSOBRAFIR, Fisioterapeuta do Hospital Agamenon Magalhães; Coordenador dos Hospitais Esperança Rede Dor/São Luiz e Jayme da Fonte, coordenador Técnico-científico da Pulmocardio Fisioterapia.

Prof. Indiana Maria Ara√ļjo

Doutora em ciências pela UFRJ, Ft. Coordenadora da Unidade Internação Hospital Esperança, Fisioterapeuta dos hospitais PROCAPE e Agamenon Magalhães, diretor da Pulmocárdio Fisioterapia

Prof. José Aires Neto

Mestre em ciências FEPECS, Especialista pela ASSOBRAFIR, Coordenador dos hospitais Santa Luzia e Santa Helena, coordenador Técnico-científico da Qualifisio Fisioterapia.

Prof. Leonardo Cordeiro

Doutor em Ciências Médicas pela UFF,Título de Especialista pela ASSOBRAFIR,Coordenador de Fisioterapia do Hospital Icaraí e de Clínicas de São Gonçalo.

Prof. Marcus David Parada Godoy

Mestre Ciências UFRJ, Título de Especialista pela ASSOBRAFIR, Ft. Coordenador da Terapia Intensiva Hospital de Clínicas São Gonçalo.

Prof. Sérgio Nogueira Nemer (RJ)

Doutor em Pneumologia pela USP, Especialista pela ASSOBRAFIR, Ft.Coordenador Hospital Polícia Militar de Nitéroi.

Profª. Anna Carolina Jaccoud

Especialista Pneumofuncional pela Castelo Branco, Coordenadora de Fisioterapia do Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer

Profª. Maria Esther de Araujo

Formada em Fonoaudiologia, possui Mestrado em Gest√£o Ambiental (UNESA) com linha de pesquisa em Educa√ß√£o e Sa√ļde. Possui especializa√ß√£o em Sa√ļde da Fam√≠lia (UCAM / AVM), em Gest√£o de EaD (UFJF) e em Doc√™ncia do Ensino Superior (UCAM / AVM). Qualificada profissionalmente em Sa√ļde P√ļblica na √°rea de Sa√ļde do Trabalhador (FIOCRUZ) ). Atua no planejamento e gest√£o de cursos de gradua√ß√£o e p√≥s-gradua√ß√£o, tanto na modalidade a dist√Ęncia (EaD) quanto presencial bem como na elabora√ß√£o de material did√°tico-pedag√≥gico. Docente nas √°reas de audiologia cl√≠nica, promo√ß√£o de sa√ļde e metodologia da pesquisa e disciplinas na √°rea de forma√ß√£o. Orientadora de TCC, tanto na gradua√ß√£o quanto na p√≥s-gradua√ß√£o. Atuou em projetos relevantes, desenvolvidos pela UERJ (NUSEG e CEPUERJ), destacando-se a Coordena√ß√£o Operacional no Programa de Despolui√ß√£o da Ba√≠a de Guanabara, no segmento Educa√ß√£o - Forma√ß√£o de Professores.

Profª. Patrícia Vieira Fernandes

Especialista em terapia intensiva pela UNESA / Título de Especialista pela ASSOBRAFIR Coordenadora de Fisioterapia dos hospitais Rios D'Or e Norte D'Or da Rede D'Or/São Luiz, Diretora de Ensino do Grupo InterFISIO

Profª.Saint-Clair Gomes Bernardes Neto

Mestre em Gerontologia UCB, professor do curso de Fisioterapia UNESA (RN) e coordenador do departamento de Educação Continuada da Qualifisio.

Dúvidas Frequentes

Não temos perguntas cadastradas no momento.

Como Funciona a Pós-Graduação EaD Fac Redentor?

Profissionais de destaque ensinando a voc√™ o que realmente importa para trabalhar com excel√™ncia e manter-se atualizado. √Č assim a P√≥s-gradua√ß√£o da Redentor.

Como é o aprendizado?

Os coordenadores de cursos criaram 10 (dez) disciplinas específicas que abordam os temas mais relevantes da área, de forma direta e aplicada e 3 disciplinas dedicadas a pesquisa, estudos individuais e/ou coletivos e produção do TCC.
O curso contém 1 (uma) disciplina de metodologia da pesquisa que auxiliará você na utilização da ciência como aliada a sua vida profissional, entendendo que a participação em congressos e a apresentação de trabalhos faz parte da sua rotina.
Cada disciplina tem carga horária de 35 (trinta e cinco) horas, com duração de 5 (cinco) semanas, de modo que o curso seja concluído em 15 meses. Entre uma disciplina e outra você terá um intervalo de 1(uma) ou 2(duas) semanas para concluir as atividades pendentes ou mesmo descansar se estiver tudo certo. Este calendário estará disponível no início do curso.
As disciplinas contam com vídeo aulas e artigos científicos atualizados.
As videoaulas s√£o din√Ęmicas e foram gravadas em sequ√™ncia, atendendo os objetivos do curso, para serem assistidas de acordo com a sua disponibilidade, pois sabemos que o seu dia a dia √© muito corrido. Voc√™ pode inclusive acessar a sala de aula virtual pelo seu smartphone.
Em cada disciplina voc√™ vai interagir com os mesmos professores que gravaram as videoaulas. Eles estar√£o dispon√≠veis para atender as suas d√ļvidas e participar de f√≥runs de discuss√£o sobre temas do dia a dia profissional.

Como ser√£o as avalia√ß√Ķes?

As avalia√ß√Ķes s√£o divididas em 2 (dois) grupos. As online, feitas na plataforma, valendo 4 (valendo) pontos e a presencial, valendo 6 (seis) pontos. Para ser aprovado voc√™ deve alcan√ßar um total de 7 (sete) pontos por disciplina.
As avalia√ß√Ķes presenciais ocorrer√£o em 02 momentos do curso, ou seja, 02 avalia√ß√Ķes presenciais (prova de m√ļltipla escolha com o conte√ļdo de todas as disciplinas e apresenta√ß√£o do TCC). Ambas dever√£o ser agendas com nossa secretaria e devem ser realizadas no polo mais perto de voc√™.
Nos casos de reprovação em alguma disciplina, a prova final poderá ser realizada no mesmo dia da apresentação do TCC.
Conforme as regras do MEC, além da prova escrita, você apresentará um artigo científico. Para a produção do mesmo, você receberá a orientação de professores do curso que lhe conduzirão na escrita de um material no padrão solicitado para publicação em revistas científicas da sua área.
Após os 15 meses de aula, você terá até 6 (seis) meses para concluir o seu trabalho final.

Quais s√£o as Normas do TCC:

Apresentação presencial de artigo científico dentro das normas da Revista Científica da área do curso.

Como é a plataforma de ensino?

Nossa plataforma √© uma das mais avan√ßadas do mundo, chamada Black Board, utilizada por importantes institui√ß√Ķes de ensino, empresas e militares Americanas e Europeias.
Você poderá estudar no computador, tablet e ou mesmo em seu smartphone.
Na plataforma todos os vídeos, textos e exercícios estarão disponíveis até a conclusão do curso.

Quais documentos para a matrícula?

Após a inscrição no site, o aluno fará upload dos documentos pela plataforma de matrícula:
- Cópia do diploma de graduação;
- Cópia do documento de Identidade;
- Cópia do CPF;
- Uma foto 3X4;
- Comprovante de pagamento da Taxa de Matrícula.

Onde são os polos para realização das provas escritas?

Abaixo segue uma lista de cidades que você poderá escolher para fazer as provas.
Lembre-se, todas as nossas aulas s√£o online para facilitar a sua corrida agenda do dia a dia.
O local e o calend√°rio dispon√≠vel nestas cidades ser√° informado no ato do agendamento das avalia√ß√Ķes.
Estado / Cidade
- Amazonas - Manaus
- Bahia - Salvador / Paulo Afonso
- Cear√° - Fortaleza
- Distrito Federal - Brasília
- Espírito Santo - Vitória / Vila Velha
- Goi√°s - Goi√Ęnia
- Mato Grosso do Sul - Dourados
- Minas Gerais - Belo Horizonte / Juiz de Fora / Uberl√Ęndia
- Pará - Belém
- Paran√° - Curitiba
- Pernambuco - Recife
- Piauí - Teresina
- Rio de Janeiro - Campos dos Goytacazes / Itaperuna / Nova Iguaçu / Paraíba do Sul / Rio de Janeiro
- Rio Grande do Sul - Porto Alegre
- S√£o Paulo - S√£o Paulo

O curso prevê aulas práticas?

Pr√°tica presencial opcional (extracurricular) de 20 horas ‚Äď com certifica√ß√£o e valor adicional de R$ 450,00 - (realizada na Interfisio - Rio de Janeiro)

CURTA NOSSA PÁGINA