facebook pixel code

Atividade Física Adaptada e Saúde

Pós-Graduação Carga Horária: 490 h Modalidade: EAD

Área de Conhecimento: Saúde

Assista a vídeo aula demonstrativa

Assista a vídeo aula demonstrativa

Atividade Física Adaptada e Saúde


Apresentação:

É grande a diversidade das atividades físicas adaptadas e é necessário apontar que elas apresentam numerosas opções, dependendo do marco que se coloque. Esse fato aponta para a necessidade de formar, com maior profundidade de conhecimentos, os profissionais para atuar nessa área. A inter-relação de circunstâncias que acompanham a atividade física determina em grande parte o seu propósito. Nesse sentido, as atividades físicas adaptadas constituem um termo amplo e geral, que pretende abranger todas as áreas de intervenção não atendidas pelos programas de atividades físicas formais. Os diferentes objetivos das atividades físicas tem como referencia a idade, o rendimento motor, o lazer e a recreação. As atividades físicas adaptadas tem o mesmo objetivo, que se concretiza e se faz, no entanto, de diferentes formas, ao ser dirigido a pessoas com determinadas particularidades. Saímos de um modelo no qual a preocupação principal era o alívio dos distúrbios físicos para um modelo educacional e de inclusão social, que enfatiza o desenvolvimento do domínio motor através da aprendizagem de habilidades motoras. A atual ênfase está nas diferenças e interações individuais e interações com o meio ambiente, que são manifestadas como físicas, mentais, sociais ou problemas emocionais que afetam a aquisição de um estilo de vida saudável, ativo e com lazer, integração e inclusão. Mais do que isso, Atividade Física Adaptada não é somente um termo usado para descrever um corpo de conhecimento multidisciplinar mas também uma base teórica para pesquisa e programação estratégica, para promover atividades físicas para indivíduos com necessidades particulares. Acompanhando o dinamismo da área da Educação Física Adaptada, na busca de integração de conhecimentos e de criação de interfaces com outras áreas, apresenta-se esse curso como mais uma contribuição para compreender e gerar conhecimentos de procedimentos necessários na formação dos profissionais para atuar nessa área.

Objetivo:

Objetivo geral:

 Abordar os principais temas em educação física adaptada com a fundamentação fisiológica, avaliação, prescrição de atividades e elaboração de programas específicos, dentro dos princípios fundamentais do conhecimento científico da atividade física como adjuvante indispensável ao tratamento de doenças crônicas

Objetivos específicos

Apresentação e análise de aspectos relacionados ao domínio psicomotor de pessoas que apresentam necessidades especiais (deficiência visual, deficiência auditiva, deficiência mental, deficiência física, gravidez e distúrbios de saúde), com ênfase em desenvolvimento motor, aprendizagem motora e controle motor. Contextos em que as atividades físicas adaptadas podem ser desenvolvidas e formas de participação, integrada ou não. Objetivos, metas, tipos de atividades, ambientes e materiais apropriados, relacionados com o desenvolvimento de programas de atividades físicas adaptadas.

Disciplinas:


ATIVIDADE FÍSICA ADAPTADA PARA PESSOAS COM DOENÇAS DO SISTEMA RESPIRATÓRIO – ASMA - 35H
Ementa:
  • Apresentação, análise e fundamentação teórica sobre a fisiopatologia das doenças alergo-respiratórias e os aspectos relacionados com as atividades físicas como parte integrante no tratamento global assim como prevenção de crises e de alterações físicas/fisiológicas. Importância da avaliação da função pulmonar e do pico de fluxo expiratório na prescrição de atividades físicas e as alterações que ocorrem com a atividade motora programada.

Conteúdo programático:
Asma, bronquite, asma brônquica, bronquite asmática ou bronquite alérgica: definições, diferenças e semelhanças, causas, conseqüências (morfológicas, psicológicas e sociais). Reação alérgica: mecanismo, fatores genéticos, alérgenos desencadeantes.  Alterações pulmonares e de estrutura corporal típicas de asmáticos. Broncoespasmo induzido pelo exercício: respostas ao exercício, exercícios mais e menos asmagênicos (provocadores de crises), terapêutica farmacológica e não farmacológica, Aspectos preventivos. Implicações das alterações respiratórias na elaboração do programa de atividades motoras. Pico de fluxo espiratório: o monitor peak-flow, a utilização das tabelas com valores previstos, a medida do pico de fluxo espiratório (PFE), significado da medida para prescrição de atividades físicas, verificação do broncoespasmo induzido pelo exercício através do PFE. Natação e asma: benefícios e riscos, fatores agravantes, prevenção de alterações posturais, torácicas e pulmonares, principais vantagens. Indicação de estilos versus alterações.

ATIVIDADE FÍSICA ADAPTADA PARA PESSOAS COM DOENÇAS DO SISTEMA RESPIRATÓRIO – DOENÇA PULMONAR OBSTRUTIVA CRÔNICA (DPOC) - 35H
Ementa:
  • Apresentação, análise e fundamentação teórica sobre a fisiopatologia da doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), e os aspectos relacionados com as atividades físicas como parte integrante no tratamento global. Importância da avaliação da função pulmonar, através da espirometria na prescrição de atividades físicas.

Conteúdo programático:
Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC): definição, fisiopatologia e fatores de risco, alterações não pulmonares da DPOC, objetivos do exercício físico, medidas e avaliação na DPOC, função pulmonar e espirometria

ATIVIDADE FÍSICA ADAPTADA PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIAS MOTORAS E INTELECTUAL - 35H
Ementa:
  • Apresentação e análise do escopo de educação física adaptada, que envolve a participação de pessoas com deficiências em programas de atividades motoras. Definição de população que apresenta deficiências. Terminologia e classificação dos diferentes tipos de deficiências e/ou limitações. Conceituação e características anátomo-fisio-psico-neurológicas de deficiência motora e deficiência intelectual.

Conteúdo programático:
Definição, Etimologia, Classificação. Características do crescimento físico, desenvolvimento motor e comportamento motor. Implicações para o desenvolvimento cognitivo e afetivo-social. O professor de educação física e o processo de inclusão na escola. Implicações para sessões de atividade motora: elaboração de objetivos, conteúdos, estratégias. Esporte adaptado – histórico, classificação, modalidades.

ATIVIDADE FÍSICA ADAPTADA PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIAS VISUAIS E AUDITIVAS - 35H 
Ementa:
  • Apresentação e análise do escopo de educação física adaptada, que envolve a participação de pessoas com deficiências em programas de atividades motoras. Definição de população que apresenta deficiências. Terminologia e classificação dos diferentes tipos de deficiências e/ou limitações. Conceituação e características anátomo-fisio-psico-neurológicas de deficiência visual e deficiência auditiva.

Conteúdo programático:
Definição, Etimologia, Classificação. Características do crescimento físico, desenvolvimento motor e comportamento motor. Implicações para o desenvolvimento cognitivo e afetivo-social. O professor de educação física e o processo de inclusão na escola. Implicações para sessões de atividade motora: elaboração de objetivos, conteúdos, estratégias. Esporte adaptado – histórico, classificação, modalidades.

ATIVIDADE FÍSICA ADAPTADA PARA PESSOAS COM DOENÇAS MÚSCULO-ESQUELÉTICAS  DO ESQUELETO AXIAL (COLUNA VERTEBRAL) - 35H 
Ementa:
  • A postura corporal e suas relações entre a prática de exercícios físicos  e a profilaxia e diminuição das alterações posturais. Aspectos epidemiológicos. Anatomia funcional e fisiologia músculo-esquelética aplicadas ao entendimento da etiologia, tratamentos, reabilitação e atividade física para as principais lesões articulares da coluna vertebral.

Conteúdo programático:
Alterações posturais, métodos em avaliação postural, biomecânica, prática de avaliação, prática de exercícios. Conceituar e classificar as alterações posturais. Identificar alterações posturais passíveis de melhora através do exercício físico. Elaborar programas de treinamento individualizados e para grupos com alterações posturais específicas. Reconhecer métodos de avaliação postural qualitativos e quantitativos.

ATIVIDADE FÍSICA ADAPTADA PARA PESSOAS COM DOENÇAS MÚSCULO-ESQUELÉTICAS  DO ESQUELETO APENDICULAR (MEMBROS SUPERIORES E INFERIORES) - 35H 
Ementa:
  • A fundamentação teórico-prática e instrumentos para a elaboração de programas de atividades físicas adaptadas para pessoas com lesões e disfunções músculo-esqueléticas dos membros inferiores e superiores.

Conteúdo programático:
Conceitos de anatomia funcional e fisiologia musculoesquelética aplicados ao entendimento da etiologia, tratamentos e atividade física.  Epidemiologia, etiologia, reabilitação e atividades físicas adaptadas as pessoas com fibromialgia, osteoporose e osteoartrite. Avanços científicos na área. 
Conceitos e classificações das patologias de joelho, quadril e ombro. Fisiopatologia e tratamento das principais lesões articulares. Exercícios, programas de atividades profiláticas e reabilitação individualizada para cada desordem articular. Indicações, contra indicações de atividade física específica.  Cuidados especiais em casos pós cirúrgicos: Artroplastias (prótese de joelho e de quadril).

ATIVIDADE FÍSICA ADAPTADA PARA GRUPOS ESPECIAIS – HIPERTENSÃO E CARDIOPATIAS - 35H 
Ementa: 
  • Apresentação, análise e fundamentação teórica sobre os aspectos científicos e atuais relacionados à fisiologia, fisiopatologia, caracterização e avaliação das doenças cardiovasculares e da hipertensão. Benefícios, riscos e cuidados na prescrição e adaptação de exercícios aeróbios, resistidos e de alongamento para pessoas com necessidades particulares. Formas de prevenção e tratamento dos distúrbios da saúde.

Conteúdo programático:
Sistema Cardiovascular: fisiologia, definição e conceitos de cardiopatias e hipertensão. Genética e resposta cardiovascular. Exercício físico na prevenção primária e no tratamento de doenças cardiovasculares. Bases moleculares do exercício físico. Exercício físico associado ao tratamento farmacológico. Perspectivas futuras para o tratamento das doenças cardiovasculares: papel do exercício físico.

ATIVIDADE FÍSICA ADAPTADA PARA GRUPOS ESPECIAIS – OBESIDADE E DIABETES - 35H
Ementa:
  • Apresentação, análise e fundamentação teórica sobre os aspectos científicos e atuais relacionados à fisiologia, fisiopatologia, caracterização e avaliação da obesidade e do diabetes. Benefícios, riscos e cuidados na prescrição e adaptação de exercícios aeróbios, resistidos e de alongamento para pessoas com necessidades particulares. Formas de prevenção e tratamento dos distúrbios da saúde.

Conteúdo programático:
Conceituação da obesidade. Classificação e composição corporal. Síndrome metabólica.  Prevenção e tratamento da obesidade. Exercícios físicos pré e pós cirurgia bariátrica.
Epidemiologia e principais fatores de risco associados ao diabetes. Classificação, critérios para diagnóstico e fisiopatologia. Características do Diabetes Mellitus tipo 1 e 2 e insulinoterapia. Riscos do exercício físico para população diabética. Exercício físico e as complicações crônicas do Diabetes. Diabetes e Obesidade. Diabetes Gestacional e Exercício. Exercício físico na prevenção do Diabetes tipo 2. Benefícios do exercício físico no tratamento da doença e mecanismos de ação.  A criança diabética nas aulas de Educação Física.

ATIVIDADE FÍSICA ADAPTADA PARA GRUPOS ESPECIAIS – ENVELHECIMENTO - 35H 
Ementa:
  • Apresentação, análise e fundamentação teórica sobre os aspectos científicos e atuais relacionados à fisiologia, fisiopatologia, caracterização e avaliação do envelhecimento. Benefícios, riscos e cuidados na prescrição e adaptação de exercícios aeróbios, resistidos e de alongamento para pessoas idosas. Formas de prevenção e tratamento dos distúrbios da saúde no envelhecimento.

Conteúdo programático:
Teorias do envelhecimento. Alterações fisiológicas com o avanço da idade. Doenças crônico-degenerativas e envelhecimento. Avaliação física e funcional do idoso. Recursos psicológicos. Recreação para o idoso. Elaboração e prescrição do exercício em longo prazo.


ATIVIDADE FÍSICA ADAPTADA PARA GRUPOS ESPECIAIS – GRAVIDEZ - 35H
Ementa:
  • Apresentação, análise e fundamentação teórica sobre os aspectos científicos e atuais relacionados à fisiologia, caracterização e avaliação da , gravidez. Benefícios, riscos e cuidados na prescrição e adaptação de exercícios na gestação. Formas de prevenção e tratamento dos distúrbios da saúde que podem ocorrer durante a gravidez.

Conteúdo programático:
A fecundação. Fases da gestação. Mudanças e adaptações fisiológicas. o hormônio relaxina, a pressão arterial, a termorregulação da mãe e do bebê, aumento do peso corporal, alterações posturais típicas da gestação. Diástase abdominal: o que é, porque ocorre, como fazer o teste diagnóstico, como prescrever exercícios abdominais após o resultado do teste. Recomendações do American College of Obstetricians and Gynecologists – ACOG. Quando começar  e quando interromper a prática de atividades físicas na gestação. A intensidade do treinamento para gestantes. Atividades aquáticas: bases em halliwick e bad hagaz.


METODOLOGIA CIENTÍFICA - 35H
Ementa:
  • Introdução aos conceitos básicos da metodologia científica.  A ciência e a produção de conhecimento. Os tipos de pesquisa e os instrumentos de coleta de dados. O projeto de pesquisa. Estilo da redação técnico-científica. Fundamentação teórica na construção do texto. Elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais. Citações: conceito, características e tipologia.
 
ORIENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - 35H
Ementa:
  • Elaboração, orientação e entrega do Trabalho de Conclusão do Curso - TCC (artigo científico), que envolve o levantamento, a análise e a difusão dos resultados obtidos na pesquisa realizada pelo discente, obedecendo às normas e regulamentos metodológicos. Defesa do respectivo trabalho perante a Banca Avaliadora.

TEMPO DE ESTUDO INDIVIDUAL OU EM GRUPO - 70H
Ementa:
  • Estudo individual ou em grupo, visando o aperfeiçoamento de questões teórico metodológicas relacionadas ao currículo. 

Pré-requisitos:

Portadores de Diplomas de Graduação em Educação Física

Público Alvo:

Educadores Fisicos


COORDENADOR

Luzimar Raimundo Teixeira

Luzimar Raimundo Teixeira

relacionamento@posgraduacaoredentor.com.br14

Possui graduação em Educação Física pela Universidade de São Paulo (1978), mestrado em Educação Física pela Universidade de São Paulo (1990) e doutorado em Educação Física pela Universidade de São Paulo (1996). Atualmente é professor doutor da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Educação Física, com ênfase em Educação Física Adaptada, atuando principalmente nos seguintes temas: asma, doenças alergo-respiratórias, educação física adaptada, obesidade, envelhecimento e alterações posturais.

PROFESSOR

Maria Esther de Araujo

Maria Esther de Araujo

esthervda@gmail.com

Celso Ricardo Fernandes de Carvalho

Celso Ricardo Fernandes de Carvalho

Carolina Ventura Fernandes

Carolina Ventura Fernandes

relacionamento@posgraduacaoredentor.com.br18

Luiz Augusto Riani Costa

Luiz Augusto Riani Costa

relacionamento@posgraduacaoredentor.com.br20

Alexandre Lopes Evangelista

Alexandre Lopes Evangelista

relacionamento@posgraduacaoredentor.com.br16

Bianca Trovello Ramallo

Bianca Trovello Ramallo

relacionamento@posgraduacaoredentor.com.br17

Milena Carrijo Dutra

Milena Carrijo Dutra

relacionamento@posgraduacaoredentor.com.br15

Cristiano Bertoldo

Cristiano Bertoldo

relacionamento@posgraduacaoredentor.com.br19