facebook pixel code

Serviço Social e Metodologias de Trabalho Social

Pós-Graduação Carga Horária: 360 h Modalidade: Presencial

Área de Conhecimento: Humanidades e Ciências Sociais

Serviço Social  e Metodologias de  Trabalho Social


Apresentação:

Pós-Graduação LATO SENSU
Aulas Mensais   

O Serviço social como área específica de produção de conhecimento  possui  bagagem teórica acumulada com avanço na  pesquisa e produção técnico-científica , e diretrizes curriculares que buscam consolidar uma formação profissional em torno de um projeto ético político. No entanto, a complexidade das relações sociais e da dinâmica social exigem do assistente social uma saber avançado,  crítico e interventivo  para atuar  em diversos campos de atuação devendo estar preparado para dar respostas satisfatórias às demandas sociais e institucionais.

A qualificação profissional  para atuação em diversos campos de trabalho  amplia a possibilidade de entrada no mercado de trabalho através da execução de ações e atividades consistentes que legitimam a importância do profissional no espaço ocupacional. Faz-se importante consolidar a formação profissional para  realização de  pesquisa, planejamento, sistematização da prática, produção documental e de  base de dados,  e avaliação. 

O que caracteriza a intervenção profissional? Qual o tipo ou o nível de conhecimento exigido do profissional para realizá-la em seu  cotidiano? Que categorias informam o pensamento e a execução de suas ações? Como esse processo pode ser instrumentalizado?

O curso visa  ampliar o debate sobre Serviço social  e prática social, trabalho institucional  ,relação teoria/prática e intervenção profissional capacitando o egresso para intervenção qualificada e crítica através de    ações profissionais consistentes apoiadas em  estratégias e metodologias de ação na área Sócio-jurídica, Criança e adolescente, Educação  Saúde e Assistência.

Objetivo:

Objetivo Geral:

  • Possibilitar a capacitação dos profissionais da área humano-social para o trabalho social com indivíduos, grupos e famílias, nos diversos campos de atuação: Criança e Adolescente, Educação, Saúde , Assistência e Sócio-Jurídico.

Objetivos Específicos:

  • Discutir os desafios do Serviço social na construção de sua prática no espaço institucional;
  • Disponibilizar novos conhecimentos  para aplicação dos  instrumentos técnicos-operativos na intervenção profissional; 
  • Possibilitar aos profissionais novas competências e articulações a partir de visão interdisciplinar; 
  • Instrumentalizar o profissional para uma prática crítica e comprometida a partir de  referencial teórico atualizado  e novas metodologias de ação   para o  trabalho social;
  • Capacitar para  a utilização da pesquisa e/ ou ação investigativa como instrumento do exercício profissional e de intervenção no cotidiano institucional.

Disciplinas:

TEORIA E PRÁTICA DO SERVIÇO SOCIAL – 20H

  • Ementa: O programa da disciplina visa uma compreensão sobre a prática profissional na contemporaneidade e seus desafios, a abordagem teórico-metodológica do Serviço social e ruptura com práticas tradicionais, Teoria e Prática: relação de unidade na diversidade. Competências teórico-metodológica, ético-política e técnico-operativa; as atribuições profissionais e a dimensão investigativa na sistematização da pratica profissional.

INSTRUMENTOS TÉCNICO-OPERATIVOS DO SERVIÇO SOCIAL – 20H

  • Ementa: O programa da disciplina visa a partir de questões práticas do cotidiano profissional em diversos campos de atuação discutir a importância dos  instrumentos e técnicas na intervenção social e apresentar as principais técnicas de atendimento individual e grupal; o trabalho em rede,  o registro e a documentação no cotidiano profissional. O estudo social, laudos e pareceres sociais  e a elaboração de relatórios.  

METODOLOGIAS DE TRABALHO SOCIAL COM FAMÍLIAS – 20H

  • Ementa: O programa da disciplina visa discutir as mudanças da família na contemporaneidade, novas concepções e práticas numa visão interdisciplinar. Ela abordará algumas propostas metodológicas de trabalho social com famílias, propostas de políticas públicas e de experiências no Brasil e na Europa contribuindo para uma prática capacitada e crítica.

SERVIÇO SOCIAL NO CAMPO JURÍDICO – 20H

  • Ementa: O programa da disciplina visa instrumentalizar o profissional acerca dos direitos e legislações específicas abordando noções de direito e princípios constitucionais do Direito de Família, Trabalho e Previdência. Conceito de família na contemporaneidade, casamento e união estável, PA, Tutela e curatela, investigação de paternidade, visita e guarda. Poder familiar. Alienação parental. Paternidade Afetiva. Pensão Gravídica. 

MEDIAÇÃO DE CONFLITOS – 20H

  • Ementa: O programa da disciplina visa possibilitar o conhecimento  dos meios adequados de solução de controvérsias. Primazia da vontade as partes. Espiral do conflito. Resgate do diálogo x Empoderamento. Construção da solução pelas partes. Executividade do acordo.  Escolas e estratégias utilizadas em Mediação. Escuta ativa. Discussão de Casos.

GÊNERO E SEXUALIDADE – 20H

  • Ementa: O programa da disciplina visa apresentar reflexões teórico-metodológicas sobre famílias, sexualidade e identidades e transformações contemporâneas. Aborda Gênero, como um construto social; Família e experiência sexual na cultura Greco-romana; a formação do sistema patriarcal; Família e o Antigo Regime; Patriarcalismo no Brasil. Visa promover uma reflexão sobre os aspectos históricos e sociológicos que contribuíram para a formação do patriarcalismo no Ocidente. Seguindo esta perspectiva, objetiva-se discutir o surgimento da família patriarcal na Europa, bem como os impactos deste paradigma de parentesco na formação do Estado Brasileiro.

DIREITOS HUMANOS, SEXUALIDADE E IDENTIDADE DE GÊNERO: INTERFASES DA INTERVENÇÃO PROFISSIONAL DO SERVIÇO SOCIAL – 20H

  • Ementa: A Política brasileira de proteção aos direitos humanos e sexuais contra as minorias sociais com ênfase no atendimento profissional do Serviço Social a população de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais – LGBT. Legislação internacional, nacionais e regionais, principais conceitos e articulação com o projeto ético político do Serviço Social.

A INTERVENÇÃO SOCIAL NA SAÚDE MENTAL – 20H

  • Ementa: O programa da disciplina visa apresentar um breve histórico do processo da loucura, aspectos gerais de psicopatologia e a Saúde mental enquanto promotoras da qualidade de vida, promovendo a saúde mental, discutindo os processos de inclusão na família, na escola e na comunidade. Serão estudados os fatores intrínsecos e extrínsecos ao indivíduo que possam influenciar a participação dos mesmos em diferentes contextos. Sendo discutidos os tipos de intervenções e encaminhamento aos profissionais constituindo na sua essência como área interdisciplinar e multiprofissional com elaboração de seminários para esses grupos. 

SERVIÇO SOCIAL E O TRABALHO COM DEPENDÊNCIA QUÍMICA: UMA ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR – 20H

  • Ementa: O programa da disciplina visa abordar  o conhecimento sobre as drogas e seus efeitos, os impactos nas famílias e a importância das politicas públicas de saúde mental na  construção  de uma rede de atenção integral  aos problemas relacionados ao uso de álcool e outras drogas.

OFICINA DE PRÁTICA: A ARTE COMO INSTRUMENTO DE INTERVENÇÃO SOCIAL – 20H

  • Ementa: A disciplina vem através da construção de saberes, proporcionar a compreensão de uma perspectiva inclusiva social através de processos pedagógicos, utilizando a arte da dança e da música como ferramentas que geram estímulos para o desenvolvimento da criatividade, para a transformação psicomotora, emocional e social. Promovendo em sua prática, através da arte, a formação de cidadãos críticos e conscientes de seu papel social.

SERVIÇO SOCIAL E VIOLÊNCIA INTRAFAMILIAR – 20H

  • Ementa: O programa da disciplina visa possibilitar a compreensão dos determinantes da violência intrafamiliar, a percepção das evidências e a classificação do risco.

SERVIÇO SOCIAL E SUPERVISÃO - 20H

  • Ementa: O programa da disciplina visa o reconhecimento da Supervisão de estágio enquanto atividade privativa do assistente social, identificando os dilemas e estratégias da articulação entre as dimensões ético-políticas, teórico-metodológicas e técnico-operativas no processo de formação e exercício profissional na contemporaneidade.

SERVIÇO SOCIAL E A INTERVENÇÃO NA EDUCAÇÃO – 20H

  • Ementa: O programa da disciplina tem por objetivo capacitar o profissional a promover ações intersetoriais que colaborem efetivamente na articulação das diferentes áreas do conhecimento visando o desenvolvimento pleno das crianças e o fortalecimento de suas famílias nos espaços educativos.  A disciplina também visa oferecer sustentação teórica e prática aos profissionais de diferentes áreas (serviço social, educação e saúde) a atuarem com as crianças e suas famílias nos mais variados contextos educativos. Entendendo a criança como sujeito de direitos, que deve ser vista e percebida de forma integral e contextualizada, o conteúdo defende a consolidação de espaços de saúde, educação e assistência mais humanizados, que (de maneira articulada) favoreçam e promovam o desenvolvimento infantil em sua plenitude – vindo ao encontro das políticas públicas que destacam a criança com um dos temas estratégicos para o desenvolvimento / crescimento do país como um todo. 

INTERVENÇÃO SOCIAL NA ATENÇÃO PRIMÁRIA EM SAÚDE: DIMENSÕES TERRITORIALIZADAS PARA A PROMOÇÃO DA SAÚDE – 20H

  • Ementa: A intersetorialidade e multidisciplinaridade são marcas da inteligibilidade reconhecida das ações em promoção de saúde, que se articula – no âmbito do SUS - às ações de prevenção, assistência, vigilância e cuidado com vistas ao viver saudável.  Neste sentido, a disciplina, em questão, se propõe a refletir com os alunos o atuar interdisciplinar no campo da saúde, especialmente no contexto da Estratégia de Saúde da Família, com foco no papel estratégico profissional e político do Serviço Social. 
  • Temas/tópicos abordados:
  • Atenção Primária em Saúde: da Alma Ata à Estratégia Saúde da Família;
  • Promoção da Saúde: aspectos conceituais;
  • Determinação Social da Saúde: reflexões ;
  • A territorialização das políticas públicas: o caso da saúde;
  • Inter e Multidisciplinaridade em Saúde: Serviço Social em ação.

POLÍTICAS SOCIAIS E DIREITOS NO BRASIL NO PÓS 2016 – 20H

  • Ementa: O programa da disciplina visa discutir a construção dos direitos sociais no Brasil e as políticas sociais enfatizando a realidade hoje e as implicações na prática do assistente social.

ELABORAÇÃO, DE PROGRAMAS E PROJETOS SOCIAIS – 20H

  • Ementa: O programa da disciplina visa instrumentalizar os alunos para elaboração de projetos sociais participativos bem como apreender os diversos aspectos do planejamento e de gestão contextualizando historicamente seu viés técnico e político.

MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO DE PROGRAMAS E PROJETOS SOCIAIS – 20H

  • Ementa: E discutir a importância do monitoramento e avaliação no processo de implementação de projetos sociais e políticas públicas e desenvolver habilidades e competências especializadas em recursos humanos para o domínio do monitoramento e avaliação de projetos e programas sociais.

METODOLOGIA DE PESQUISA, PRODUÇÃO DE TEXTOS E ARTIGOS CIENTÍFICOS – 20H

  • Ementa: O programa da disciplina visa abordar a pesquisa científica; conceituação e fundamentação teórico-metodológica. As modalidades, elementos e técnicas de pesquisa. Normas da ABNT. A comunicação de trabalhos acadêmicos. A importância da leitura acadêmica. Os diferentes tipos de escrita acadêmica. A construção do projeto de pesquisa. Itens do projeto de intervenção. Tipos de pesquisa; metodologia da pesquisa. Elaboração de artigos científicos e projetos de intervenção.

Pré-requisitos:

Portadores de Diploma de Graduação

Público Alvo:

Profissionais das Áreas Humanas e Sociais


COORDENADOR

Maria Fernanda Duarte de Araujo Pedro

Maria Fernanda Duarte de Araujo Pedro

Mestrado em Serviço social PUC-RJ. Formação acadêmica em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Participação como bolsista IC e AT CNPQ e FAPERJ em projetos sobre trabalho infantil e trabalho  técnico-profissional.  Docente,  pesquisadora e coordenadora de   curso de especialização e de projetos de Extensão nas comunidades do Complexo do Alemão. Áreas de atuação:  Família , Violência doméstica,  Campo sócio-jurídico . Experiência em Gestão  e assessoria técnica de projetos sociais.  Participa de grupo de estudos PUC-RJ sobre Hannah Arendt  e do projeto AFIM /PUC pela VRC.