facebook pixel code

Terapia Cognitivo-Comportamental: a prática clínica baseada em evidências

Pós-Graduação Carga Horária: 360 h Modalidade: Presencial

Área de Conhecimento: Psicologia

Apresentação:

Pós-graduação Lato sensu.

Aulas quinzenais aos Sábados.

O curso de Terapia Cognitivo-Comportamental: prática clínica baseada em evidências vem suprir a necessidade de formação de qualidade para profissionais que desejam estar capacitados para atendimento clínico em Terapia cognitivo-comportamental; além de difundir o conhecimento sobre as práticas clínicas em psicoterapias baseadas em evidências e, desta forma, contribuir para oferecer tratamento efetivo para os clientes.

Objetivo:

Formar profissionais capacitados para atender em Terapia abordagem cognitivo-comportamental, habilitando-os em competências relacionadas a: entrevista de avaliação; estabelecimento de vínculo/boa relação terapêutica; conceitualização de caso; elaboração de plano de tratamento; escolha e aplicação adequada das intervenções e estratégias cognitivas e comportamentais; trabalho de prevenção de recaídas; administração da carreira de terapeuta e de possíveis conflitos éticos. A partir de supervisão da prática clínica, capacitar os alunos a investigar e trabalhar com base em um metodologia baseadas em evidências.

Disciplinas:

BASES HISTÓRICAS E FILOSÓFICAS DA TERAPIA COGNITIVO COMPORTAMENTAL: CONCEITOS BÁSICOS – 27H
  • Ementa: Bases históricas e filosóficas da Terapia Cognitivo-Comportamental. Principais características e conceitos. Mitos sobre a TCC. Conceitos básicos do behaviorismo aplicados. Condicionamento clássico e condicionamento operante. Prática da análise funcional do comportamento. Teoria sociocognitiva. Terapia racional emotivo comportamental. O modelo cognitivo.
PSICOPATOLOGIA E BASES NEUROBIOLÓGICAS DOS TRANSTORNOS MENTAIS E PSICOFARMACOLOGIA - 9H
  • Ementa: Descrição dos transtornos mentais. Fundamentos de neuroanatomia, neurofisiologia, genética do comportamento e mediação neural dos processos mentais aplicadas à patogênese dos transtornos mentais. Conceitos básicos de psicofarmacologia. Principais medicações utilizadas em psicofarmacologia: indicações, mecanismos de ação, efeitos adversos e interações medicamentosas. Responsabilidade dual no tratamento.
METODOLOGIA CIENTÍFICA E PRÁTICA DA PSICOLOGIA BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 9H
  • Ementa: Introdução à Pesquisa Clínica. Métodos baseados em evidencias em psicologia. Pesquisa bibliográfica. Delineamentos observacionais e experimentais de pesquisa clínica. Amostragem. Instrumentação e planejamentos de medidas em pesquisa clínica. Gerenciamento de dados. Ressaltar a importância conjugada das evidências científicas na prática psicológica, juntamente com a experiência clínica do profissional e das preferências e características pessoais dos pacientes. Revisar os níveis de evidência em pesquisa. A busca de informações científicas sobre tratamentos psicológicos eficazes.
A RELAÇÃO TERAPÊUTICA E A AVALIAÇÃO/CONCEITUALIZAÇÃO DOS CASOS ADULTOS E INFANTIS - 22,5H
  • Ementa: Habilidades do psicólogo. Conceitos de resistência, transferência e contratransferência na TCC. Avaliação e conceitualização de casos adultos: treinamento em identificação e formulação de problemas, Instrumentos de avaliação. Discussão dos pressupostos teóricos e clínicos da formulação de casos em TCC. Elaboração de plano de tratamento. Avaliação e conceitualização de casos infantis: treinamento em identificação e formulação de problemas, Instrumentos de avaliação. Discussão dos pressupostos teóricos e clínicos da formulação de casos infantis em TCC. Elaboração de plano de tratamento.
PSICOLOGIA CLÍNICA E AUTONOMIA - 4,5H
  • Ementa: Descrever os principais desafios com os quais jovens terapeutas podem se deparar em sua inserção na carreira como psicólogo clínico – os principais conflitos de ordem prática, burocrática e ética - e oferecer estratégias para resolução de problemas.
TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL PARA OS TRANSTORNOS DE HUMOR - 9H
  • Ementa: Diagnóstico clínico e diferencial. Avaliação. Instrumentos de avaliação. Modelo cognitivo aplicado. Psicoeducação. Estratégias psicoterapêuticas. Prevenção de recaídas. Estudo de caso.
TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL PARA OS TRANSTORNOS DE ANSIEDADE E TRANSTORNOS DO ESPECTRO OBSESSIVO COMPULSIVO - 45H
  • Ementa: Diagnóstico clínico e diferencial dos transtornos de: pânico/agorafobia; ansiedade generalizada; ansiedade social; fobias específicas e transtorno obsessivo-compulsivo. Avaliação. Instrumentos de avaliação. Modelo cognitivo aplicado. Psicoeducação. Estratégias psicoterapêuticas. Prevenção de recaídas. Estudos de caso.
TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL PARA TRANSTORNO DE ESTRESSE PÓS-TRAUMÁTICO - 9H
  • Ementa: Diagnóstico clínico e diferencial. Avaliação. Instrumentos de avaliação. Modelo cognitivo aplicado. Psicoeducação. Estratégias psicoterapêuticas. Prevenção de recaídas. Estudo de caso.
TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL PARA ABUSO DE SUBSTÂNCIAS, PARA  A DEPENDÊNCIA DE TECNOLOGIAS E PARA OS TRANSTORNOS DE CONTROLE DE IMPULSO - 18H
  • Ementa: Diagnóstico clínico e diferencial dos transtornos de: abuso de substâncias; monofobia; controle do impulso. Avaliação. Instrumentos de avaliação. Modelo cognitivo aplicado. Conceitos da entrevista motivacional. Psicoeducação. Estratégias psicoterapêuticas. Prevenção de recaídas. Estudos de caso.
TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL PARA TRANSTORNOS ALIMENTARES E PARA DISMORFIA CORPORAL - 13,5H
  • Ementa: Diagnóstico clínico e diferencial. Avaliação dos transtornos alimentares e dismorfia corporal. Instrumentos de avaliação. Modelo cognitivo aplicado. Psicoeducação. Estratégias psicoterapêuticas. Prevenção de recaídas. Estudos de caso.
TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES: TRANSTORNOS INFANTIS, ESPECTRO AUTISTA E TRANSTORNO DE DEFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE - 18H
  • Ementa: Apresentação do tratamento cognitivo-comportamental para os transtornos infantis; transtornos do espectro autista; e transtorno de déficit de atenção/hiperatividade. Avaliação e conceitualização do caso. Transtornos psiquiátricos mais prevalentes na infância/adolescência. Instrumentos de avaliação. Psicoeducação para crianças, adolescentes e pais. Estratégias psicoterapêuticas adaptadas à idade. Modelo cognitivo aplicado. Métodos educativos adequados. Prevenção de recaídas. Estudo de caso.
TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL PARA TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE E A TERAPIA DOS ESQUEMAS - 18H
  • Ementa: Diagnóstico clínico e diferencial dos transtornos de personalidade. Avaliação. Instrumentos de avaliação. Modelo cognitivo aplicado. Psicoeducação. Estratégias psicoterapêuticas. Relação terapêutica. Prevenção de recaídas. Estudo de caso. A Terapia dos esquemas: origem, desenvolvimento e perspectivas. Conceitos em terapia dos esquemas. Avaliação e conceitualização dos esquemas. Instrumentos de avaliação. Relação terapêutica. Intervenções.
OUTRAS ABORDAGENS E INTERVENÇÕES COGNITIVAS COMPORTAMENTAIS: A TERCEIRA ONDA; A TEORIA DO APEGO E REGULAÇÃO EMOCIONAL; A TERAPIA PROCESSUAL; A TERAPIA COMPORTAMENTAL DIALÉTICA; MINDFULNESS - 27H
  • Ementa: Conceito de ondas pela abordagem cognitivo-comportamental. Principais modelos de tratamento que compõe o movimento da terceira onda: principais teóricos, desenvolvimento, comprovação de eficácia e perspectivas futuras. A Teoria do Apego e Regulação Emocional: origem, desenvolvimento e perspectivas. Conceitos relativos à Teoria do Apego e Regulação Emocional. Avaliação e conceituação do caso. Relação terapêutica. Intervenções. A terapia cognitiva processual: Revisão dos conceitos de crenças intermediárias e nucleares. Diagrama de conceitualização cognitiva. Instrumentos de avaliação. Técnicas para reestruturação cognitiva e da TCP. A Terapia Comportamental Dialética: origem, desenvolvimento e perspectivas. Conceitos relativos à Terapia Comportamental Dialética. Avaliação e conceituação do caso. Relação terapêutica. Intervenções. Protocolos de treinamento em habilidades psicossociais, regulação emocional e tolerância ao estresse. Mindfulness: origem, desenvolvimento e perspectivas. Conceitos relativos à Mindfulness. A prática de Mindfulness, comprovações de eficácia e conceitos da neurociência. Relação terapêutica. Protocolos de treinamento e principais intervenções.
TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL PARA ESQUIZOFRENIA - 9H 
  • Ementa: Diagnóstico clínico e diferencial do transtorno esquizofrênico. Os diferentes tipos de esquizofrenia. Avaliação. Instrumentos de avaliação. Modelo cognitivo aplicado. Psicoeducação. Estratégias psicoterapêuticas. Prevenção de recaídas. Estudo de caso.
TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL PARA CASAIS, A SEXUALIDADE E A TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL PARA DISFUNÇÕES SEXUAIS - 9H
  • Ementa: Terapia de casal: desenvolvimento e perspectivas. Conceitos relativos à Terapia cognitivo-comportamental para casais. Avaliação e conceituação do caso. Queixas mais frequentes em terapia de casal. Instrumentos de avaliação. Relação terapêutica. Intervenções. Terapia Cognitiva Sexual. Diagnóstico clínico e diferencial das disfunções sexuais. Avaliação. Instrumentos de avaliação. Modelo cognitivo aplicado. Psicoeducação. Estratégias psicoterapêuticas. Prevenção de recaídas. Estudos de caso.
PSICOLOGIA POSITIVA E O COACHING COGNITIVO-COMPORTAMENTAL - 13,5H
  • Ementa: Psicologia positiva: origem, desenvolvimento e perspectivas. Relação entre a terapia cognitivo-comportamental e a psicologia positiva. Conceitos relativos à psicologia positiva. Intervenções práticas da psicologia positiva. Estudo de caso. Definições de coaching. Psicologia do coaching. Objetivos. Coaching focado em soluções. A relação terapêutica e as principais intervenções no coaching cognitivo-comportamental.
PSICOLOGIA DA SAÚDE/AVALIAÇÃO E REABILITAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA - 13,5H
  • Ementa: Histórico da psicologia aplicada à saúde. Principais conceitos. Modelos explicativos do processo saúde-doença. Interação profissional de saúde-cliente. Trabalho interdisciplinar. Análise e conceituação de casos clínicos na área da saúde. Terapia Cognitivo-Comportamental no tratamento de doenças crônicas. Áreas de atuação em Psicologia da Saúde. Introdução à neuropsicologia. Princípios teóricos e práticos da avaliação e reabilitação neuropsicológica. Avaliação neuropsicológica: objetivos, técnicas, laudos e pareceres. Alterações neuropsicológicas dos transtornos mentais. Diagnóstico. Planejamento terapêutico. Reabilitação Cognitiva. Neuropsicologia e a Terapia Cognitivo-Comportamental.
A TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL EM GRUPO E A TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL AVANÇADA - 9H
  • Ementa: A terapia cognitivo-comportamental em grupo: os possíveis objetivos das intervenções pela terapia cognitivo-comportamental em grupo, custo-benefício das intervenções em grupo, avaliação e montagem dos grupos, protocolos de atendimento, Comprovações de eficácia das intervenções em grupo para transtornos psiquiátricos específicos. Exemplos práticos de intervenções pela terapia cognitivo-comportamental em grupo. Perspectivas futuras. Terapia Cognitivo-Comportamental avançada: o que fazer quando o básico não funciona? Adaptação e flexibilização possíveis das intervenções e estratégias da TCC. A relação terapêutica: conceitos de resistência, transferência e contratransferência pela abordagem cognitivo-comportamental.
SUPERVISÃO DE CASOS CLÍNICOS E ESTUDOS DE CASOS CLÍNICOS - 67,5H
  • Ementa: Supervisão do atendimento psicoterapêutico de um cliente realizado pelos alunos. Avaliação; instrumentos que podem auxiliar na avaliação; conceitualização do caso; estabelecimentos de metas; escolha das intervenções mais eficazes de acordo com a necessidade e contexto; questões relativas à relação terapêutica; prevenção de recaídas. A terapia cognitivo-comportamental para pacientes que não preenchem critérios diagnósticos para transtorno psiquiátrico e estudo de caso clínico com comorbidade.
APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIAS - 9H
  • Ementa: Banca de avaliação da apresentação dos trabalhos de conclusão do curso.

Pré-requisitos:

Portadores de Diplomas de Graduação em Psicologia e Medicina (Psiquiatria).

Público Alvo:

Psicólogos e médicos psiquiatras ou residentes em psiquiatria.


COORDENADOR

Rafael Thomaz da Costa

Rafael Thomaz da Costa

Psicólogo clínico: Psicoterapeuta Cognitivo-Comportamental (Desde 2006). Formação: Possui graduação em Psicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2006) Mestrado (2010) e Doutorado (2014) em Psiquiatria e Saúde Mental pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (PROPSAM /IPUB/UFRJ). Ocupações acadêmicas atuais: Pesquisador vinculado ao Laboratório de Pânico e Respiração do Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro; Coordenador do Núcleo Integrado de Pesquisas em Psicoterapia pelas Abordagens Cognitivas e Comportamentais; Co-orientador de estagiários do Instituto de Psicologia da UFRJ/Projetos de pesquisa vinculados ao IPUB/UFRJ; Professor convidado do Programa de Pós-Graduação em Psiquiatria e Saúde Mental (PROPSAM/IPUB/UFRJ) - disciplina Psicologia Baseada em Evidências; Professor convidado do Instituto de Psicologia da UFRJ - disciplina Terapia cognitivo-comportamental; Professor convidado do Curso de Especialização de Terapia Cognitivo-Comportamental: um diálogo com a Psiquiatria - idealizado pelo professor Bernard Rangé - módulo de transtornos de humor. Experiências acadêmicas no passado: Professor substituto do Instituto de Psicologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2014-1015) (disciplinas: Psicologia da Personalidade e Psicologia Aplicada à Saúde); Professor e orientador de estágio no Serviço de Psicologia Aplicada da Universidade Santa Úrsula (2010) (disciplina: Terapia Cognitivo-Comportamental). Experiências também nas áreas Psicologia do Esporte e Pesquisa na área da Psicologia Social (2003-2005).