Rio terá reflorestamento para preservar água

Pensando na preservação da água, o Rio de Janeiro deve adotar uma solução que já vem sendo aplicada desde o século 19, o replantio de mudas.
Rio terá reflorestamento para preservar água

18

Diante da crise hídrica, o imperador Pedro II ordenou desapropriações na Floresta da Tijuca, onde hoje é Parque Nacional da Tijuca, devastado por plantações de café, e iniciou um amplo reflorestamento.

Segundo especialistas, embora a Floresta da Tijuca não tenha condições de abastecer toda a população carioca,  de mais de 6 milhões, cumpre um papel importante no clima e na recarga dos lençóis freáticos.

Pensando nisso, pode sim auxiliar durante o período de uma maiores estiagens que o estado já enfrentou, que baixou o nível dos reservatórios e pode vir até a causar rodízio de água para os moradores do Rio.

Pensando nisso, a Prefeitura do Rio de Janeiro criou um grupo de trabalho. O prefeito Eduardo Paes não descarta medidas para economia de água e energia.


icone do twitter