OMS afirma que, até 2020, cerca de 350 milhões de pessoas no mundo sofrerão de depressão

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 700 milhões de pessoas no mundo sofrem, hoje, com doenças mentais e neurológicas. E de acordo com especialistas, pelo menos um terço desse montante não recebe acompanhamento médico.
OMS afirma que, até 2020, cerca de 350 milhões de pessoas no mundo sofrerão de depressão

21

A informação consta no Plano de Ação para a Saúde Mental 2013-2020, que traz, entre as suas informações, a de que as doenças mentais representam 13% do total de todas as doenças do mundo e já representam um terço das patologias não transmissíveis.

De acordo com os prognósticos da OMS, em torno de 350 milhões de pessoas deverão, até 2020, sofrer de depressão. E, dentro do mesmo prazo, 90 milhões terão uma desordem pelo abuso ou dependência de substâncias químicas. Doenças neurológicas, como a epilepsia, deverão afetar 50 milhões de pessoas. E outros 35 milhões deverão sofrer de Alzheimer, síndrome crônica ou progressiva que leva, entre outros distúrbios, à perda das funções cognitivas.

A depressão é caracterizada pela OMS como um transtorno mental comum, caracterizado por tristeza, perda de interesse, ausência de prazer, oscilações entre sentimentos de culpa e baixa autoestima, além de distúrbios do sono ou do apetite. Também há a sensação de cansaço e falta de concentração. Pode ter longa duração ou se apresentar de forma recorrente. Em sua vertente mais grave, pode levar ao suicídio. Casos considerados leves podem ser tratados sem medicamentos, porém, na forma moderada ou grave, é necessário que as pessoas recebam medicação e tratamentos profissionais.

Quanto mais cedo o tratamento for iniciado, melhores serão os resultados.

Inúmeros fatores podem levar à depressão, como questões sociais, psicológicas e biológicas. Estudos já comprovaram, por exemplo, que a cada cinco mulheres que dão à luz, uma sofre de depressão pós-parto.

Diante desses números, a Pós-Graduação da Faculdade Redentor alerta: cuide da sua saúde! E preste atenção àqueles que o(a) cercam. Às vezes, uma boa conversa para desabafar já ajuda a evitar enormes problemas futuros.


[Fonte: Época]

icone do twitter