facebook pixel code

Aranhas em casa: saiba por que não deve matá-las

- Ahhhh!! Uma aranha!! Mata, mata!

Aranhas em casa: saiba por que não deve matá-las

17

DEZ

Muita calma nessa hora! A menos que você sofra de um nível profundo de aracnofobia (o medo de aranhas), nosso conselho é que, antes de chamar alguém para te salvar do “terrível monstro” que apareceu na sua casa (ou você mesmo “dar cabo” dele), respire fuuundoo e...deixe o bicho em paz. 

- Oi? Mas é uma aranha! Dentro de casa!

Sim, isso a gente já entendeu, mas vamos te contar por que você não deve matar o pequeno aracnídeo que apareceu no seu lar.

É que elas, as aranhas, são parte importante da natureza. Por vezes encontradas em ambientes internos (como a sua casa), elas – embora sejam predadoras generalistas (ou seja, aptas a comer tudo o que caçam) – são conhecidas pela captura de pestes inconvenientes e até de insetos que transmitem doenças, como os mosquitos.

Para você saber, na África há uma espécie de aranha – saltadora – que gosta muito de comer mosquitos cheios de sangue. Olha que fundamental para o equilíbrio da vida na Terra!

Tá, tá, mas você não está na África, tem paúra de aranhas e já gelou aí só de ler a palavra “saltadora”? 

Ok.

Ainda assim, tenha em mente que não é preciso matá-las. Elas NÃO estão atrás de você.

Exterminar uma aranha não só acaba com a vida dela, como também tira um predador importante de dentro da sua casa. Olha você desequilibrando o ecossistema aí!

Se o medo é insuportável, tente capturar o bicho (ou peça para alguém fazer o serviço) e solte-o do lado de fora. Ele encontrará outro lugar para se abrigar.

Enfim, indo na contramão do clássico, de 1973, que Paul McCartney compôs para o oitavo filme de James Bond, quando vir, de novo, uma aranha no seu ambiente doméstico...live and let live! Viva e deixe viver!


[Fonte: Revista Galileu] 


icone do twitter