facebook pixel code

O que você sabe sobre a Oncologia?

O assunto, hoje, é Oncologia.

O que você sabe sobre a Oncologia?

10

JAN

Passamos por aqui para te contar que se trata de um ramo da Medicina que lida com tumores e com câncer.

O termo Oncologia é oriundo da junção de duas acepções, a palavra grega "onkos" (onco) – que significa massa, volume, tumor – e o termo "logia” – que significa estudo.

Logo, Oncologia é o estudo dos tumores. 

A Oncologia observa a forma como o câncer se desenvolve no organismo e estuda o tipo de tratamento mais adequado para cada tipo de neoplasia.

Já que usamos a palavra câncer, vamos te contar que trata-se do nome genérico usado para nomear um grupo de mais de 200 doenças.

Apesar de existirem muitos tipos de câncer, todos eles começam com o crescimento anormal – e fora de controle – das células.

O oncologista é o profissional de Medicina especializado no tratamento de câncer. É ele que trata do paciente com uma abordagem geral, com os devidos cuidados que incluem – n especificamente – prescrição de tratamentos sistêmicos como quimioterapia, hormonioterapia e terapia biológica.

 Atualmente, a Oncologia trabalha muito calcada na abordagem multidisciplinar para o tratamento dos pacientes assistidos. Dessa forma, o oncologista trabalha integrado a uma equipe multiprofissional e conta com a colaboração de outras especialidades médicas como Patologia, Radiologia, Cirurgia, Pediatria, Psiquiatria, Enfermagem, Psico-oncologia, Fisioterapia, Nutrição e muitos outros profissionais.

Os objetivos do tratamento oncológico são, basicamente, os seguintes: curativo (que visa curar o paciente e devolvê-lo a seu lugar na sociedade), remissão da doença (quando a cura não é possível, cabe ao oncologista mostrar uma segunda possibilidade ao paciente, a remissão da doença. O objetivo aqui é fazer com que o paciente fique bem consigo mesmo pelo maior tempo possível, longe dos efeitos da doença e das internações) e cuidados paliativos (quando a chance de remissão.

Para finalizar, o maior objetivo da Oncologia é – sempre – melhorar a qualidade de vida do paciente e não apenas prolongar uma vida sofrida. O médico deve ajudar o paciente a manter a sua dignidade, entender sua fraqueza e evitar sentimentos de frustração.


[Fonte: www.oncoguia.org.br] 


icone do twitter