Vamos conversar sobre Quiropraxia?

Você já ouviu essa palavra? Sabe o que significa?

Vamos conversar sobre Quiropraxia?

23

Vamos lá, nós vamos te explicar...

Quiropraxia (ou quiroprática) é uma forma de medicina alternativa voltada para diagnóstico e tratamento de condições do sistema musculoesquelético, especialmente da coluna vertebral.

Presente de forma bastante significativa em alguns países desenvolvidos, a Quiropraxia é prática implantada, muitas vezes, no contexto de outras técnicas manuais de terapia, como massagens, osteopatia e terapia física.

Os quiropráticos dividem-se em dois grandes grupos: os que dão ênfase ao vitalismo, à "inteligência inata" e que consideram as subluxações vertebrais a causa de todas as doenças (atualmente em minoria) e os que estão abertos a práticas de medicina convencional, como exercício físico, massagem ou terapia de gelo.

A quiropraxia foi fundada na década de 1890 por Daniel David Palmer, que dizia ter recebido tais ensinamentos de "outro mundo". A prática foi desenvolvida por seu filho, Bartlett Joshua Palmer, no início do século XX. 

Ao longo da sua história, a quiropraxia foi sempre controversa.

Motivo?

Um deles diz respeito à vacinação. Apesar das evidências – indiscutíveis – de que a intervenção é definitiva para a manutenção da saúde pública, uma ala dos quiropráticos discorda, veementemente, desta efetividade. Tal posicionamento contribui de forma bastante negativa tanto para a saúde da população em geral como, também, para a aceitação dos quiropráticos pela comunidade médica.

Para que você tenha uma ideia da celeuma em torno da prática, em 1966, a Associação Médica Americana classificou a quiropraxia como um "culto não científico”.

Pois é, mas a quiropraxia conta com membros bem organizados, politicamente falando. Eles vêm lutando, ativamente, em prol da sua aceitação pública.


[Fonte: pt.wikipedia.org] 


icone do twitter