facebook pixel code

Sairá do Quênia, com destino a Zanzibar, o primeiro barco do mundo feito inteiramente de plástico

Já imaginou um barco todo feito de plástico reciclado singrando os mares por aí?

Sairá do Quênia, com destino a Zanzibar, o primeiro barco do mundo feito inteiramente de plástico

09

FEV

Já existe, viu? E partiu, em janeiro último, do porto queniano de Lamu para a ilha tanzaniana de Zanzibar.

O que significam esses dados?

Para clarear as coisas para você, trata-se de uma viagem de... 500 quilômetros! E o objetivo principal é gerar consciência nas comunidades do litoral da África Oriental.

O queniano Dipesh Pabari, um dos cofundadores da iniciativa, contou que se trata de uma resposta efetiva para um dos problemas ambientais mais alarmantes da atualidade.

Você, certamente, não sabe, mas o Quênia – que lidera a luta contra o plástico de uso único na África – proibiu, há um ano e meio, as bolsas feitas desse material. E as multas são pesadas, viu? Variam de R$ 70 mil a R$ 140 mil.

As penas de prisão podem ser de até dois anos para quem fabricar, importar ou usá-las.

Vish...

O barco foi batizado como “Flipflopi”, uma referência aos milhares de chinelos que o compõem ("flip-flop", em inglês).

O Flipflopi, que pesa cerca de dez toneladas de plástico (coletado na praia de Lamu, em 2017) passou por quatro meses de testes de navegação e conta com material de emergência a bordo.

Com uma tripulação de oito pessoas, a nau sustentável conseguiu as licenças necessárias fazer a viagem.

Super bacana, não?


[Fonte: G1 // Natureza]