facebook pixel code

Pesquisa britânica revela que ouvir música durante o expediente prejudica a criatividade verbal

Ih, olha, polêmica à vista...

Pesquisa britânica revela que ouvir música durante o expediente prejudica a criatividade verbal

11

MAR

Um estudo realizado, recentemente, pela Universidade de Lancaster, no Reino Unido, indicou que ouvir música durante o expediente de trabalho...reduz...a criatividade verbal!

Aaaahh, ufa!

Peraí que a gente já te explica...

O cientista Neil McLatchie resolveu reunir voluntários para testar se as canções que eles ouviam afetavam a produtividade do grupo.

A proposta era que os participantes observassem três palavras que não estavam necessariamente relacionadas. Na sequência, eles teriam de encontrar uma palavra que combinava com os três termos.

Exemplo?

Vamos lá: uma resposta bem aceita para "vestir", "discar" e "florescer" seria "sol".

Sol??

Sim! E se você quer saber, esta técnica é bastante utilizada por psicólogos para testar a criatividade verbal e quais condições podem melhorá-la.

Os integrantes do estudo foram avaliados três vezes: quando o ambiente contava com música, quando estava silencioso e quando havia apenas pequenos ruídos, como os de uma biblioteca, por exemplo.

Resultado?

Considerando a possibilidade, efetiva, da otimização de respostas oferecidas pelos envolvidos...o silêncio ganhou de goleada.

Maasss, calma aí! Estamos falando de teste de criatividade verbal, ou seja, da possibilidade de uma pessoa ouvir música e, em seguida, precisar estabelecer correlação – por meio da fala – com estímulo, claramente, divisor de atenção, certo? Lógico que o segundo vai ficar prejudicado.

Ninguém falou naaadaaa sobre usar música no trabalho para estimular a criatividade enquanto se escreve, por exemplo, confere?

Pode apostar, é uma motivação e tanto! Dá super certo!


[Fonte: Revista Galileu]