facebook pixel code

Japão, Jogos Olímpicos, Gundams e espaço na mesma frase? Vem saber o que significa

As Olimpíadas de Tóquio vêm aí, em 2020! Tá pertinho!

Japão, Jogos Olímpicos, Gundams e espaço na mesma frase? Vem saber o que significa

06

JUN

Bom, um evento esportivo de tal importância, sediado pelo país mais tecnológico do planeta, não poderia passar – como se diz por aí – em “brancas nuvens”, né? Nem daria para esperarmos uma estrutura bobinha, simplezinha, vinda dos “reis da inovação, do desenvolvimento, da tecnologia e da modernidade”.

Sabe o que os japoneses vão mandar para o espaço durante os jogos?

  Gundams!

– Hein?

Gundams, aqueles robôs dos desenhos animados japoneses que faziam sucesso entre os anos 1980 e 1990!

– Oi??

Tá, vamos começar tudo de novo.

Os tais robozinhos – ou armaduras super mega ágeis e valentes – são uma herança cultural do país. Por isso, dois deles, da série Mobile Suit Gundam, vão viajar para o espaço a bordo de um satélite (em uma colaboração entre a Agência de Exploração Aeroespacial do Japão - Jaxa e a Universidade de Tóquio).

– Tá, mas a troco de quê?

Bom, trata-se de mais uma edição da maior festa do esporte mundial, certo?

Então! A ideia é aproveitar a ocasião para, também, celebrar a anime, um super símbolo da cultura do país (por mais que você siga não tendo a menor ideia do que seja).

Enfim, medindo apenas 10 cm cada uma (o satélite G, que os levará para o espaço, mede só 30x10 cm, logo não comporta algo em tamanho real), as famosas armaduras partirão rumo à ISS (Estação Especial Internacional) e, ao chegarem lá, deverão ser implantadas juntamente com um quadro de avisos.

A partir disso, os olhos do mundo inteiro verão, encantados, os robozinhos mandarem – diretamente do espaço – mensagens de apoio aos atletas, transmitidas nas redes sociais em vários idiomas. 

Opa! Ainda nem te contamos os nomes deles, né?

Gundam e Zaku.

Enquanto o primeiro ocupará o topo, o segundo ficará na “cabine”. E os famosos olhos brilhantes terão como nova missão mudar de cor de acordo com as bandeiras dos países. Sete câmeras vão se encarregar de monitorar os “visitantes” do espaço e de transmitir tudinho para a Terra.

Uau! Fala sério!

Você mal pode esperar para ver isso acontecendo?

A gente também!

Vem logo, 2020!

 

[Fonte: UOL Notícias // Astronomia]