facebook pixel code

Parto, cabelo, sono. Será mesmo que a lua e suas fases interferem na dinâmica humana?

“Lua vaaaaiii / Iluminar os pensamentos deeeela...”

Parto, cabelo, sono. Será mesmo que a lua e suas fases interferem na dinâmica humana?

08

JUN

Pode confessar, você seguiu com os versos da música que fez sucesso por aqui nos anos 90!

Será que – considerando a letra da canção – a lua “fala”, mesmo, com a gente, de algum modo?

Bom, a julgar por certos conhecimentos populares, que passam de geração a geração, o satélite em questão nos manda recados, sim. E, de acordo com suas fases (ou com a mudança delas) influencia as marés, adianta os partos, faz crescer cabelo e afeta o sono.

Será mesmo?

Pelo menos de um item da listinha, os cientistas não têm dúvidas: a lua é – de fato – responsável pelo movimento das marés.

Mas por que isso acontece? 

É que os oceanos são grandes massas líquidas e, conforme a Lua se aproxima, os referidos volumes de água são puxados para mais perto dela. A atração em questão é tão, mas tão significativa, que faz com que o mar se aproxime ou se afaste da costa.

Tá, mas e as histórias de crescimento de cabelo, adiantamento de partos e alteração do sono?

Well, como diria Jack, vamos por partes...

Sobre o progresso das melenas, não existem pesquisas que comprovem a relação com a data de corte. O que a Ciência sabe é que o desenvolvimento dos fios depende de alterações hormonais, alimentação, estresse e doenças crônicas.

Ok. E sobre aquele empurrãozinho “ishperto” no nascimento dos bebês?

Para checar a veracidade de tal interferência, pesquisas já foram realizadas mundo afora. A maioria indicou que se trata apenas de crença popular, mas, um estudo realizado na Itália analisou – durante três anos – 1.248 partos naturais e revelou, de fato, uma pequena alta no número de partos no primeiro ou no segundo dia após a lua cheia.

Uhmm...

Faltou o sono, né? Vamos a ele. A Ciência reconhece a interferência lunar no padrão de descanso humano e, para chegar a tal conclusão, baseou-se – por exemplo – em uma pesquisa realizada pela Universidade de Basel, na Suíça. O estudo, publicado na revista científica Current Biology, em 2013, indicou que a qualidade e a duração do sono humano são bem piores nas noites de lua cheia.

Xiii! Só falta alguém dizer que os insones da lua cheia são, em verdade, lobisomens que aproveitam a mudança de fase para saírem uivando por aí...

Dá-lhe crença popular!

Mas e você, o que acha disso tudo?

Rá! Tá cantarolando aí que a gente bem sabe! “Lua vaaaiii / iluminar os pensamentos deeela...”.


[Fonte: UOL Notícias // Ciência]