Carga Horária: 490 h

O curso possui carga horária total de 490 horas, subdivididas em 11 (onze) disciplinas específicas e 02 (duas) disciplinas dedicadas a pesquisa, estudos individuais e/ou coletivos. A duração mínima do curso é de 16 meses.

Pré-requisitos

Portadores de diploma de Graduação em Fisioterapia, reconhecido pelo MEC.

Investimento

Mensalidades:



APRESENTAÇÃO

O tratamento prestado às pessoas nas Unidades de Terapia Intensiva- UTI deve ser específico e atualizado com o intuito de resgatar as condições ideais de saúde de pessoas portadoras de enfermidades críticas. A qualidade de assistência prestada pela equipe da UTI vai fazer a diferença no resultado final e também no período de alta da UTI. Isto tudo está diretamente relacionada com os avanços da ciência em máquinas, medicações e, principalmente, da qualificação dos profissionais que integram a equipe da UTI como médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, nutricionistas e fonoaudiólogos. A portaria GM/MS/Nº 2918, de 09 de junho de 1998, publicada n o DOU nº111, de 15 de junho de 1998 estabelece, dentre várias normas para uma UTI existir, preconiza-se, dentre outras coisas, a existência de um profissional de Fisioterapia na UTI para cada 10 leitos de pacientes durante vinte quatro horas. O Fisioterapeuta que trabalha na UTI necessita de uma especialização profissional destinada à assistência ao paciente crítico. Isto também virou uma recomendação da Anvisa (RDC). O trabalho do fisioterapeuta envolve conhecimento específico, diretamente ligado ao quadro clínico que a doença do paciente apresenta, que envolve aspectos funcionais cardiorrespiratórios e osteomioarticular. Para tanto, a atuação do fisioterapeuta é fundamental desse o momento crítico da doença como também durante período de estabilização e melhora com intuito de promover a reabilitação precoce do paciente. Buscando atender a essa especificidade da fisioterapia, elaboramos um programa, fundamentado no que se preconiza a atuação do fisioterapeuta na UTI, para o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Fisioterapia em Unidade de terapia Intensiva.

OBJETIVOS

Objetivo Geral:

  • Capacitar, atualizar e aperfeiçoar fisioterapeutas nos aspectos teóricos e práticos encontrados nas UTI.

Objetivos Específicos:

  • Rever e aprofundar os conhecimentos anátomo-fisiológicos e fisiopatológicos do sistema cardiorrespiratório, neurológico e osteomioarticular do paciente crítico;
  • Aperfeiçoar os fundamentos do suporte ventilatório mecânico, enfatizando a literatura atualizada e investigação científica;
  • Capacitar o participante a avaliar, elaborar e implementar o melhor programa de recursos fisioterapêuticos e;
  • Desenvolver o senso crítico nas diversas intervenções da fisioterapia na UTI.

DISCIPLINAS

FISIOLOGIA RESPIRATÓRIA E PRINCÍPIOS DA VENTILAÇÃO MECÂNICA - 35h
Ementa: Verificar e correlacionar a função do sistema Cardiorrespiratório em conjunto com as propriedades mecânicas do sistema respiratório e sua interação com o sistema cardiovascular. Entender a relação ventilação/ perfusão e os mecanismos de troca e transporte de gases. Analisar quais as variações patológicas e situações especiais destes sistemas no paciente crítico em ventilação espontânea e em ventilação mecânica. Além disso, este módulo também irá conceituar os fundamentos da ventilação mecânica e os módulos ventilatórios básicos: ventilação volume controlado (VCV), ventilação pressão controlada (PCV), volume assistido (VA), ventilação mandatória intermitente sincronizada (PSV) e pressão de suporte (PSV). Os modos serão abordados levando-se em conta os parâmetros, forma de titulação e monitorização dos efeitos biomecânicos/pulmonares durante a ventilação do paciente.

CARDIOINTENSIVISMO: FISIOPATOLOGIA, MONITORIZAÇÃO E VENTILAÇÃO MECÂNICA - 35h
Ementa: Este módulo aborda conceitos da fisiologia e morfofisiologia direcionando para o conhecimento da fisiopatologia, prevenção, monitorização e tratamento das principais doenças do sistema cardiovascular como Arritmias, Coronariopatias, Insuficiência Cardíaca, Revascularização Miocárdica, Valvoplastias e as possíveis complicações. Neste módulo também será abordado a ventilação mecânica e sua aplicabilidade e intervenções/cuidados.

PNEUMOINTENSIVISMO 1: FISIOPATOLOGIA, MONITORIZAÇÃO E VENTILAÇÃO MECÂNICA - 35h
Ementa: Este módulo aborda conceitos da fisiologia e morfofisiologia direcionando para o conhecimento da fisiopatologia, prevenção, monitorização e tratamento das principais doenças respiratórias obstrutivas e restritivas. Neste módulo também será abordado a ventilação mecânica e sua aplicabilidade nas diversas afecções respiratórias obstrutivas e restritivas com ênfase na monitorização e otimização da mecânica através da verificação dos gráficos de fluxo e complacência respiratória para evitar Auto PEEP e Assincronias na ventilação mecânica.

PNEUMOINTENSIVISMO 2: FISIOPATOLOGIA, MONITORIZAÇÃO E VENTILAÇÃO MECÂNICA - 35h
Ementa: Este módulo aborda conceitos da fisiologia e morfofisiologia direcionando para o conhecimento da fisiopatologia, prevenção, monitorização e tratamento das principais doenças respiratórias que apresentem aspecto inflamatório como SIRS, SARA, Infecções respiratórias dentre outras. Neste módulo também será abordado a ventilação mecânica e sua aplicabilidade com ênfase na melhor escolha do modo ventilatório e mecanismo de verificação/otimização da complacência através do PEEP ideal, Recrutamento Alveolar, Ventilação Protetora Pulmonar e uso de Circulação Extra Corpórea. Será abordado as formas de encontrar o PEEP ideal e os tipos/ indicação de Manobras de Recrutamento Alveolar. 

NEUROINTENSIVISMOS: FISIOPATOLOGIA, MONITORIZAÇÃO E VENTILAÇÃO MECÂNICA - 35h
Ementa: Este módulo aborda conceitos da fisiologia e morfofisiologia direcionando para o conhecimento da fisiopatologia, prevenção, monitorização e tratamento das principais doenças neurlógicas como TCE, Acidente vascular, TRM, Hipertensão intracraniana dentre outras como doenças neuromusculares. Neste módulo também será abordado a ventilação mecânica protetora neurológica baseado na monitorização da PIC, consumo cerebral de oxigênio e da pressão de perfusão cerebral bem como demonstrar os mecanismos de monitorização cerebral e ventilatória invasivas e não invasivas.

OXIGENOTERAPIA E VENTILAÇÃO MECÂNICA NÃO-INVASIVA - 35h
Ementa: Este módulo irá verificar as indicações e aplicabilidade do suporte de oxigênio e/ou da ventilação mecânica não-invasiva nas diferentes enfermidades cardíacas, respiratórias, neuromusculares na emergência, UTI, domicilio ou como ferramenta da conduta fisioterápica. Será discutido os critérios de sucesso ou interrupção do suporte assim como a forma de aplicar versus benefício e tolerância do paciente. O módulo irá abordar as formas de VNI ( BILEVEL ou CPAP), a titulação dos parâmetros, quais interfaces indicadas e a monitorização de todo processo com identificação de sinais de alerta, segurança e interrupção.

IMAGINOLOGIA, FARMACOLOGIA E EXAMES COMPLEMENTARES APLICADA A TERAPIA INTENSIVA - 35h
Ementa: Este módulo promove o conhecimento dos métodos de diagnósticos por imagem utilizados nas unidades de terapia intensiva fornecendo desta forma, subsídios para o estudo das estruturas anatômicas e as principais alterações na imagem que sugerem patologia nos pacientes em terapia intensiva através do RX, TC e RNM. Será também abordado exames laboratoriais e suas alterações/correlação com o paciente na terapia intensiva como: hematócrito, taxa de leucócitos, Insulina, PCR, marcadores hepáticos, marcadores musculares específicos e inespecíficos, eletrólitos, marcadores renais dentre outros. O módulo ainda abordará os fármacos mais utilizados no dia a dia da UTI e suas ações farmacocinéticas bem como efeitos colaterais relacionados a reabilitação.

DESMAME DA VENTILAÇÃO MECÂNICA E PROTOCOLOS DE TREINAMENTO MUSCULAR - 35h
Ementa: Este módulo objetiva avaliar a descontinuação do paciente da ventilação mecânica e eleger as ferramentas para pré dizer o sucesso do paciente como os índices de desmame versus a clínica do paciente. Serão  discutido os tipos de desmame e como atuar junto ao desmame difícil e eleger as formas de treinamento muscular através cargas lineares ( power breathe e treshold)

RECURSOS FISIOTERAPÊUTICOS NA UTI - 35h
Ementa: Este módulo personaliza o papel do fisioterapeuta na UTI objetivando a reabilitação do paciente crítico em ventilação mecânica ou espontânea através do o uso de um arsenal de técnicas fisioterápicas, cinesioterapia e/ou aparelhagem específica. Além disso, será abordado as diversas formas de reintegrar o paciente crítico para alta e recuperação de suas atividades funcionais de forma qualitativa e/ou adaptada.

DIAGNÓSTICO FISIOTERAPÊUTICO E IMPLEMENTAÇÃO DE UM PROGRAMA DE REABILITAÇÂO NA UTI. - 35h
Ementa: A proposta deste módulo é desenvolver conceitos de avaliação fisioterapêutica sobre o perfil do paciente crítico, submetido ou não a assistência ventilatória, elucidando qual a melhor proposta de tratamento que a fisioterapia poderá desempenhar diante de um diagnóstico fisioterapêutico. O módulo visa a discussão de casos clínicos e a forma de assistência versus a reabilitação funcional do paciente crítico baseado em avaliação com escalas funcionais e a instituição de metas e prognósticos de reabilitação. Este módulo também irá verifica implementar um programa de fisioterapia para ser realizado nos pacientes críticos com ênfase motora e aplicado em diferentes enfermidades, visando a interpretação fisiológica da reabilitação na UTI como um fator preponderante para o restabelecimento do paciente. Conceitos de neuroplasticidade e posturas são abordados com intuito de levar o fisioterapeuta a entender o paciente como um todo.

ONCOLOGIA E CUIDADOS PALIATIVOS - 35h
Ementa: Gestão, Qualidade Fisioterapia Hospitalar.

METODOLOGIA CIENTÍFICA - 35h
Ementa: Introdução aos conceitos básicos da metodologia científica.  A ciência e a produção de conhecimento. Os tipos de pesquisa e os instrumentos de coleta de dados. O projeto de pesquisa. Estilo da redação técnico-científica. Fundamentação teórica na construção do texto. Elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais. Citações: conceito, características e tipologia.

TEMPO DE ESTUDO INDIVIDUAL OU EM GRUPO - 70h
Ementa: Estudo individual ou em grupo, visando o aperfeiçoamento de questões teórico metodológicas relacionadas ao currículo.

PÚBLICO-ALVO

Fisioterapeutas

COORDENADOR

PATRÍCIA VIEIRA FERNANDES

Coordenador

ESPECIALISTA

Especialista em terapia intensiva pela UNESA / Título de Especialista pela ASSOBRAFIR; Coordenadora de Fisioterapia dos hospitais Rios D'Or e Norte D'Or da Rede D'Or/São Luiz, Diretora de Ensino do Grupo InterFISIO.

Ezequiel Mânica Pianezzola

Coordenador

Especialista em terapia Intensiva pela IBMR, Especialista pela ASSOBRAFIR, Ft. Coordenador da Terapia Intensiva dos Hospitais Rios e Norte D'Or da Rede D'Or/São Luiz e Coordenador de Fisioterapia do Hospital Niterói D'Or.

PROFESSOR