facebook pixel code

Engenharia Clínica

Pós-Graduação Carga Horária: 440 h Modalidade: Presencial

Área de Conhecimento: Engenharia

Apresentação:

Curso de Pós Graduação Lato Sensu em Engenharia Clínica , visa contemplar os diversos profissionais envolvidos nas qualidades e domínios das tecnologias de ponta, com atrelamentos as realizadas institucionais e estabelecer compliance , com domínio , gestão e construir dentro dos ambientes Hospitalares, buscando uma reflexão com desdobramentos nas diversas áreas do cenário da instituição de saúde destacando o profissional e o serviço de qualidade prestado ao cliente .

O Curso de Pós Graduação Lato Sensu Engenharia Clínica tem com público alvo todos os profissionais de nível superior que compõe o cenário das instituições de saúde,em diversos segmentos do saber, criando oportunidades e aprimorando a qualidades inter e multidisciplinar.

O cenário proposto pela pós de Engenharia Clínica, construirá debates entre os profissionais discentes e docentes apoiando no binômio teoria-prática e qualificando-os, integrando-os, na busca de um profissional diferenciado, valorizado, por aprimoramentos contínuos por todos os segmentos Institucionais: Aquisição, Gestão ,Manutenção , treinamentos com foco em qualidades, Tecnovigilância respaldados nos princípios éticos e bioéticos.

Objetivo:

A Pós- graduação Sato Sensu em Engenharia Clínica tem seu foco nas gestões de tecnologias de saúde, agregando conhecimentos multidisciplinares na área hospitalar que atuem com domínios e técnicas gerenciais e operacionais em respostas a segurança do paciente. 

A Especialização Em Engenharia Clínica busca uma relação de custo benefícios do parque tecnológico hospitalar com avaliações que atendem aos profissionais envolvidos, treinamentos, performance, manutenções, segurança e gestão das tecnologias e equipamentos em prol do paciente.

Disciplinas:

ESTÁGIO IN LOCUS CO-PARTICIPATIVO

  • Promover interação do aluno com as atividades pertinentes à profissão.

METODOLOGIA DA PESQUISA

  • Construir, elaborar, apresentar um artigo científico dentro das normas da revista científica ou monografia ou das normas da ABBNT, e ou Vancouver, como requisito obrigatório de conclusão desta especialização em engenharia clínica.

ARQUITETURA HOSPITALAR E INFRAESTRUTURA

  • Entender, elaborar, aprimorar e conhecer os mais variados sistemas de infraestrutura que fornecem insumos ao funcionamento dos equipamentos eletromédicos. Ao concluir esse módulo o aluno saberá se a origem de um problema está no equipamento em si ou na infraestrutura. O aluno também estará apto a participar de grupos de tomadas de decisão em obras e ampliações civis para estabelecimentos de saúde, prevendo assim o melhor ambiente para a instalação e manutenção dos equipamentos.

MEETING DE EQUIPAMENTOS ELETROMÉDICOS E INOVAÇÕES TECNOLOGÍCAS-WORKINSHOPING / METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO

  • Atuar na elaboração e construções do TCC e dos eventos de engenharia clínica, bem como de sua organização. Terá contato com fornecedores e ampliará seu network com profissionais já estabelecidos no mercado, preparando-o assim para sua consolidação como engenheiro clínico. Ao concluir esse módulo o aluno estará apto a desenvolver seu trabalho de conclusão de curso, dentro das normas exigidas pela instituição de ensino.

EQUIPAMENTOS DE APOIO AO DIAGNÓSTICOS A IMAGINOLOGIAS E RADIOTERAPIAS

  • Entender, analisar e aplicar os princípios de funcionamento dos equipamentos eletromédicos de imagem nas diversas modalidades de geração de energia: Radiação Ionizante, Eletromagnetismo, ultrassom, etc...
  • Ao concluir esse módulo o aluno, semelhante ao módulo de instrumentação e calibração de equipamentos eletromédicos, também obterá conhecimentos dos princípios de funcionamentos dos mais recorrentes equipamentos de imagem a serem gerenciados nos estabelecimentos de saúde. Podendo assim analisar de forma crítica os defeitos apresentados e solucioná-los de forma eficaz e econômica. Terá conhecimentos sobre as diversas modalidades de contratos de manutenção praticados.

INSTRUMENTAÇÃO E CALIBRAÇÃO DE EQUIPAMENTOS ELETROMÉDICOS

  • Conhecer, aprimorar, entender e atrelar os princípios de funcionamento dos equipamentos eletromédicos, seus diagramas de bloco e principais ocorrências de sua vida útil.
  • Ao concluir esse módulo o aluno independente de sua formação inicial de engenharia obterá conhecimentos dos princípios de funcionamentos dos mais recorrentes equipamentos a serem gerenciados nos estabelecimentos de saúde. Podendo assim analisar de forma crítica os defeitos apresentados e solucioná-los de forma eficaz e econômica. Estará apto a discutir com fornecedores sobre os reparos apresentados em orçamentos, prazos e valores. Dando maior segurança aos administradores na tomada de decisões nos assuntos relativos a equipamentos eletromédicos.

ANATOMO-FISIOLOGIA / APLICADA A ENGENHARIA CLÍNICA

  • Aprimorar e reconstruir os sistemas anátomo fisiológicos de maior abrangência aos aparelhos eletromédicos.
  • Ao concluir esse módulo ao aluno terá embasamento para entender como ocorre a resposta Fisiológica dos equipamentos eletromédicos, podendo assim estreitar sua linguagem junto ao corpo Clínico e facilitar o entendimento dos problemas relatados e identificar a melhor solução, seja ela técnica ou operacional.

GERÊNCIAMENTO DO PROCESSO / VISÃO SISTÊMICA DA ENGENHARIA CLÍNICA

  • Construir e aprimorar as atividades satélites ao setor de engenharia clínica.
  • Ao concluir esse módulo o aluno estará apto a interagir com todos os setores de apoio a área fim da instituição, desenvolvendo assim sua visão sistêmica do processo. Para atingir esse objetivo serão apresentadas as principais disciplinas que tangenciam a engenharia clínica e suas principais exigências para o atendimento da qualidade e segurança do paciente.

GERENCIAMENTO DE EQUIPAMENTOS ELETROMÉDICOS

  • Introduzir e apresentar as atividades gerenciais específicas para equipamentos eletromédicos.
  • Ao concluir esse módulo ao aluno deverá será capaz de entender o histórico do desenvolvimento da engenharia clínica no Brasil e compreender a estrutura organizacional e administrativa de um setor de engenharia clínica bem como suas as atribuições e competências da área.
  • Desenvolverá sua capacidade analítica para propor soluções para os fluxos de materiais, pessoas, equipamentos e instalações. Estará apto a avaliar o ciclo de vida dos equipamentos desde a sua especificação, aquisição, instalação, procedimentos, programa de manutenção, acompanhamento da vida útil até sua obsolescência.

Pré-requisitos:

Ensino Superior Completo

Público Alvo:

Engenheiros e Biomédicos


COORDENADOR

PROFESSOR