facebook pixel code

Reconhecimento e Abordagem do Choque na Emergência Pediátrica

Pós-Graduação Carga Horária: 12 h Modalidade: EAD

Área de Conhecimento: Medicina

Assista a vídeo aula demonstrativa

Apresentação:

Choque, a principal causa de morbidade e mortalidade entre crianças em todo o mundo, é a emergência médica que mais provoca ansiedade no emergencista devido à necessidade de identificação e atuação urgentes. Síndrome clínica causada por diversas etiologias com fisiopatologias diferentes, caracteriza-se por grave disfunção circulatória. A identificação tardia e o atraso no inicio do tratamento causam progressão do choque compensado reversível para o estado descompensado e irreversível, levando à falência de múltiplos órgãos e óbito. São necessários ao médico alto grau de suspeição, reconhecimento precoce e intervenções adequadas para estabilização do paciente na emergência para posterior transferência para uma unidade de tratamento intensivo. Todo emergencista deve ser devidamente capacitado e treinado, objetivando a diminuição do risco de morte e danos para o paciente pediátrico.

Objetivo:

  • Geral: Capacitar o médico que atua na emergência a reconhecer e tratar de forma adequada os pacientes pediátricos acometidos pela síndrome do choque.
  • Específicos: Habilitar o emergencista a diferenciar os diversos tipos e diferentes causas de choque. Qualificar o médico a escolher o melhor tratamento disponível, baseado na fisiopatologia da doença e quadro clínico apresentado. Auxiliar, de forma breve, na interpretação dos diversos exames complementares solicitados nos pacientes com a síndrome do choque. Preparar o médico para transportar o paciente gravemente enfermo, após estabilização inicial, para a unidade de terapia intensiva.

Disciplinas:


MÓDULO 1 - FISIOPATOLOGIA CLÍNICA

MÓDULO 2 - EXAMES

MÓDULO 3 - INTERVENÇÃO

MÓDULO 4 - TRANSFERINDO PARA UTI E CASOS CLÍNICOS

Pré-requisitos:

Médicos

Público Alvo:

Médicos


COORDENADOR

PROFESSOR